Geral


Carlos Barbosa perde o ex-prefeito Armando Gusso

Aos 82 anos, político faleceu no hospital da Unimed em Caxias do Sul devido a um infarto
17/05/2021 Portal Adesso - Fotos: Arquivo Pessoal

     Faleceu no início da noite desta segunda-feira (17) em Caxias do Sul o ex-vereador e ex-prefeito de Carlos Barbosa Armando Gusso. Ele estava internado no hospital da Unimed e foi levado para lá após não se sentir bem na tarde deste domingo (16). O ex-prefeito tinha problemas cardíacos e já havia passado por outros procedimentos anos atrás.

     Gusso comandou o município de Carlos Barbosa entre 1977 a 1983 e de 1989 a 1992. Conhecido pelo seu carisma e comportamento tranquilo, Armando que era do PP – Partido Progressista, tinha a admiração e transitava em todos os partidos da cidade, sendo sempre ouvido por todos pela experiência e capacidade. 

     Ao PORTAL ADESSO, o atual prefeito de Carlos Barbosa Everson Kirch (PP), lamentou a morte de Armando Gusso e disse que vai decretar Luto Oficial na cidade por três dias. Kirch ainda ressaltou que nesta terça-feira (18), as bandeiras nos órgãos públicos estarão a meio mastro em homenagem ao ex-prefeito.

     “Carlos Barbosa não perde apenas um ex-prefeito. Hoje, perdemos um grande cidadão, uma excelente pessoa, amiga de todos, humilde e de ótimo convívio com toda a comunidade. Seu Armando sempre foi um grande colaborador do nosso município, homem público correto e exemplar. Fica aqui meus sentimentos a todos os familiares e também a gratidão de quem fez muito por Carlos Barbosa”, disse Kirch para a nossa reportagem. 

     O presidente do Partido Progressista, Ansélio Pereira, também lamentou a morte de Armando Gusso. Para Ansélio, o PP de Carlos Barbosa perdeu hoje a sua mais tradicional e respeitada liderança. “O Armando tem uma história de muito trabalho e dedicação ao município. Começou como motorista de caminhão, depois foi vereador, secretário municipal e duas vezes prefeito da cidade. Bem quisto por todos, quando prefeito, tratava todos da mesma maneira, não importando partido, nós progressistas estamos muito tristes hoje”, disse Ansélio. 

     Apaixonado pela cultura italiana, Armando Gusso, foi um dos responsáveis pelo Gemellagio (cidade irmã) entre Carlos Barbosa e a cidade italiana de Nove. Ele também tinha um programa de rádio aos domingos de manhã em que destacava a cultura italiana e o dialeto Vêneto. 

     Ainda não há informações sobre os atos fúnebres. Armando Gusso deixa a esposa e cinco filhos, dentre eles, Joselito Gusso que é o atual vice-presidente do Grupo Tramontina. 




MAIS NOTÍCIAS