Geral


Região da Serra terá investimento de quase R$ 193 milhões nas rodovias

Novo programa de conservação das estradas foi lançado nesta quarta pelo Governador Eduardo Leite
10/06/2021 Portal Adesso - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

     Parte de um dos eixos do programa transversal Avançar, lançado pelo governador Eduardo Leite nesta quarta-feira (09), prevê investimento de R$ 1,3 bilhão em infraestrutura viária em diversas cidades do Estado. Para a Região da Serra (R3), serão investidos R$ 192,7 milhões para melhorias nas rodovias. Os recursos, em totalidade, são do Tesouro do Estado, fruto do processo de ajuste fiscal executado desde o início da gestão, que inclui as mais profundas reformas administrativa e previdenciária entre os Estados e uma cartela de privatizações.

     O investimento de R$ 1,3 bilhão é um dos maiores da história do Rio Grande do Sul (RS) na área da mobilidade. No total, o plano inclui a conclusão de 28 acessos municipais e 20 ligações regionais, além da elaboração de 39 projetos executivos, do pagamento de 39 convênios em vigor em diferentes cidades do Estado e da recuperação e conservação de rodovias.

     Para organizar o cronograma de investimentos e de execução dos trabalhos, o plano de obras se vale da divisão em nove regiões funcionais do Departamento Autônomo de Rodagem (Daer). A abrangência das regiões está detalhada com base nos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

As ligações, totalizando 95,8 quilômetros, são as seguintes:

     • entre Cambará do Sul e São José dos Ausentes, na ERS-020;

     • entre Nova Roma e Antônio Prado, na ERS-448;

     • na Rota do Sol (RSC-453); 

     • entre Tainhas e Cambará do Sul, no acesso a Itaimbezinho, na ERS-020.

Conservação e recuperação

     O plano de obras prevê investimento de cerca de R$ 39,1 milhões em obras de recuperação e conservação de 275,8 quilômetros de rodovias na R3.

Convênios

     O plano de obras prevê o investimento de cerca de R$ 13,2 milhões para o pagamento de convênios nos municípios de Bento Gonçalves, Guaporé, Monte Belo do Sul, São Valentim do Sul e Santa Tereza.


MAIS NOTÍCIAS