Economia


Cerca de 800 empresas foram criadas no primeiro semestre do ano em Bento

Dado representa um aumento de 42,65%, quando comparado ao mesmo período de 2020
07/07/2021 Portal Adesso - Foto: Ilustração/João Mattos/JC

     De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Bento Gonçalves, no primeiro semestre deste ano foram abertas 796 novas empresas na cidade, representando um aumento de 42,65%, quando comparado ao primeiro semestre de 2020, que teve 558 empresas criadas.

     Esse saldo positivo de mais de 230 empresas é celebrado pela Secretária de Desenvolvimento Econômico, Milena Bassani. “Tivemos um saldo positivo de empresas inscritas no município. É uma cidade voltada para o empreendedorismo, e o fato de ter esse número de inscrições quer dizer que cada vez mais as pessoas procuram se formalizar justamente para realizar suas atividades de forma correta, e isso é muito bom para o município”.

     Um dos pontos destacados por Milena é justamente o fato de microempreendedores expandirem seus negócios em menos de um ano, transformando MEIs em empresas maiores. “As pessoas abrem o MEI e normalmente em menos de um ano se transformam em microempresas. A questão é que o micro empreendedor tem que ter um faturamento máximo de R$ 81 mil ao ano, portanto esses empreendedores crescem e passam desse faturamento anual, se transformando em outras empresas com faturamento maior, e naturalmente expandindo seus negócios”.

Autoatendimento

     Ainda no segundo semestre deste ano a Sala do Empreendedor contará com uma novidade. Pensando em orientar de forma prática o microempreendedor que vai até o espaço para buscar informações, será instalado computadores, que estarão disponíveis para uso exclusivo do cidadão que for até o espaço e necessitar realizar o cadastro.

     “A ideia é que no segundo semestre o sistema com autoatendimento passe a funcionar. Esse é um dos projetos futuros na Secretaria. A pessoa será orientada por um dos funcionários desde o início do atendimento. Vamos sentar ao lado da pessoa para auxiliar e ensinar. Isso é autonomia, e ela não irá embora sem ter resolvido o problema. Queremos estimular as pessoas para aprenderem e terem a independência delas”, destaca.

     A Coordenadora da Sala do Empreendedor, Vitória Ariane Ferreira Lopes, comentou sobre a importância do atendimento na Sala do Empreendedor.“O atendimento hoje na Secretaria de Desenvolvimento Econômico é muito importante pois a regularização das empresas só irá beneficiá-los como empreendedores, que poderão emitir notas fiscais, terão benefícios previdenciários, acesso a créditos especiais e dentre outros estarão regulares no município, podendo trabalhar e gerar um meio alternativo de renda”.

Bairros com maior número de novas empresas

     Baseado na quantidade de novas empresas é apresentado também à quantidade de novos empreendimentos abertos nos últimos doze meses, de acordo com o bairro no qual a empresa está localizada.

     Centro: representa 23,50% das empresas criadas

     São Roque: 13,17%

     Cidade Alta: 12,29%

     Progresso: 8,51%

     Borgo: 7,71%

     Santa Helena: 7,47%

     Humaitá: 7,15%

     São Francisco: 6,83%

     Botafogo: 6,67%

     Universitário: 6,67%


MAIS NOTÍCIAS