Esportes


ACBF encara o Atlântico nesta segunda

Será o último jogo pela Liga Nacional antes da parada para a Copa do Mundo
09/08/2021 Portal Adesso - Foto: Ulisses Castro/ACBF

     A Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF) voltará a jogar em casa pela Liga Nacional de Futsal (LNF). Nesta segunda-feira (09), às 18h, o time laranja receberá o Atlântico, depois de quase dois meses longe dos seus domínios. O jogo será o último antes da pausa do campeonato para a Copa do Mundo.

     A LNF deverá ter uma pausa de dois meses no calendário em virtude da disputa do Mundial. A última rodada da primeira fase será somente no início de outubro. Antes da parada, a ACBF luta para ficar com a situação mais tranquila na tabela de classificação e precisa da vitória sobre o Atlântico.

     O time de Carlos Barbosa ocupa a segunda colocação do Grupo B com 28 pontos. O líder é o Cascavel com 29, mas os paranaenses têm um jogo a mais. Uma vitória sobre a equipe de Erechim recoloca a ACBF na liderança e mantém com a melhor campanha da LNF.

     “Para decretar esse primeiro lugar precisamos vencer. Precisamos das duas vitórias nas últimas rodadas para dependermos somente das nossas forças e terminar com a melhor campanha. Esse jogo de segunda a gente trata com muito respeito E como a última rodada será somente em outubro poderemos entregar todas as nossas forças nesta partida”, disse o técnico Edgar Baldasso.

     Para esse confronto, o comandante da Laranja Mecânica não quer mudar o estilo de jogo que vem sendo utilizado na campanha invicta até o momento. 

     “Nossa equipe tem jogado em casa e fora sempre da mesma forma. Sempre buscamos o gol, ter o controle das ações, buscando aumentar as possibilidades de êxito e será assim mais uma vez. Sabendo também das condições do Atlântico, que também vem para vencer. Certamente, será um jogo muito aberto”, concluiu.

     No primeiro turno da LNF, as equipes se enfrentaram na partida de estreia. O jogo aconteceu no dia 24 de abril, em Erechim, e a ACBF venceu por 3x0 com os gols de Dener, Richard e Pedro Rei.


MAIS NOTÍCIAS