Política


Câmara dos Deputados rejeita PEC do voto impresso

Votação terminou com 229 votos favoráveis, 218 contrários e uma abstenção
11/08/2021 Portal Adesso - Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

     A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso, indicada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi rejeitada na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (10). Foram 229 votos favoráveis, contra 218 contrários e uma abstenção. Apesar de ter mais favoráveis, seriam necessários 308 votos para seguir para segundo turno. 

     Após o resultado da votação, o texto foi arquivado pelo presidente da Câmara, Artur Lira (PP-AL). A PEC já havia tido rejeição na última sexta-feira (06), por 22 votos a 11, mas como os pareceres das comissões especiais não são definitivos, o assunto foi levado por Lira à Câmara.

     Apesar da derrota, o presidente da Câmara indicou um acordo entre poderes para aumentar a auditagem das urnas. Lira comentou que confia no sistema atual de votação e salientou que os parlamentares presentes foram eleitos por esse sistema eletrônico. 

Veja como votaram os deputados gaúchos na PEC do voto impresso: 

SIM (20):

     Alceu Moreira (MDB)

     Bibo Nunes (PSL)

     Carlos Gomes (Republicanos)

     Daniel Trzeciak (PSDB)

     Giovani Cherini (PL)

     Giovani Feltes (MDB)

     Heitor Schuch (PSB)

     Jerônimo Goergen (PP)

     Liziane Bayer (PSB)

     Lucas Redecker (PSDB)

     Marcel van Hattem (Novo)

     Marcelo Brum (PSL)

     Marcelo Moraes (PTB)

     Márcio Biolchi (MDB)

     Marlon Santos (PDT)

     Maurício Dziedrick (PTB)

     Osmar Terra (MDB)

     Paulo Vicente Caleffi (PSD-RS)

     Pompeo de Mattos (PDT)

     Sanderson (PSL)

NÃO (7):

      Afonso Motta (PDT)

     Bohn Gass (PT)

     Fernanda Melchionna (PSol)

     Henrique Fontana (PT)

     Marcon (PT)

     Nereu Crispim (PSL)

     Paulo Pimenta (PT)

NÃO VOTARAM (4):

    Afonso Hamm (PP)

     Covatti Filho (PP-RS)

     Maria do Rosário (PT)

     Pedro Westphalen (PP)


MAIS NOTÍCIAS