Política


Vereadores barbosenses comentam sobre estadualização da BR-470

Enio Grolli e Felipe Xavier se mostraram contra a decisão em participação no Prato Limpo desta sexta
13/08/2021 Portal Adesso - Foto: Reprodução/ADESSO TV

     Os vereadores da bancada do Partido Democrático Trabalhista (PDT), de Carlos Barbosa, Enio Grolli e Felipe Xavier participaram do programa Prato Limpo desta sexta-feira (13), no ADESSO TV. Na ocasião, os parlamentares deram a sua opinião a respeito da proposta de estadualização e duplicação da rodovia BR-470, no trecho de entrada do Vale dos Vinhedos até o trevo São José, em Carlos Barbosa.

     A proposta de estadualização foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, na última terça-feira (10) e autorizou o Poder Executivo, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), a tornar estadual um trecho de 13 km da rodovia, da ERS-444 até a ERS-446.

     Sobre a autorização para a estadualização da estrada, o vereador Felipe Xavier julgou como absurda a decisão. “O que aconteceu foi um absurdo, é um crime com a Serra Gaúcha e assim que ficamos sabendo, nos mobilizamos para tentar barrar essa decisão”, afirmou Xavier.

     O parlamentar afirmou que os deputados tomaram essa decisão sem sequer entrar em contato e saber o lado da população a respeito da mudança. “Essa vontade do Governo do Estado em estadualizar a rodovia não foi pedida em nenhum momento para a população de Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento, que é a que mais utiliza esse trecho. Então não concordamos com isso, pois é uma luta de muitos anos para que essa rodovia se torna-se federal. Então temos que cobrar os deputados e prefeitos, que até agora não se manifestaram sobre o assunto, para tentar reverter a decisão”, comentou. 

     O vereador Enio Grolli falou que essa situação das rodovias vem sendo acompanhada de perto pelo legislativo. “A gente vem acompanhando de perto essa situação das rodovias e dos pedágios e em nenhum momento ficamos sabendo sobre essa estadualização, apenas boatos. Fomos pegos de surpresa na terça, quando saiu a informação, então eu e o Felipe nos reunimos e estamos lutando contra essa decisão”, afirmou Grolli.

     Grolli continuou dizendo que sente medo da decisão, pois o município poderia perder as atividades da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que fazem um excelente trabalho contra a criminalidade e o tráfico de drogas na rodovia. “Estamos com medo de perder a PRF, pois fazem um grande trabalho contra o tráfico de drogas na rodovia. Se essa decisão for sacramentada, será muito ruim pois não vale a pena retroceder. Por isso vamos nos mobilizar e tentar reverter isso junto dos prefeitos municipais”, destacou o parlamentar. 

     Os dois vereadores foram até o Ministério Público Estadual e Federal e solicitaram para que essa situação seja revista, pois eles acreditam que essa situação foi decidida de forma muito obscura, sem nenhuma discussão entre Estado e municípios. 

     Para assistir a entrevista completa com os vereadores da bancada do PDT, de Carlos Barbosa, Enio Grolli e Felipe Xavier, acesse o link: https: //www.facebook.com/PortalAdesso/videos/1998625020302916


MAIS NOTÍCIAS