Coronavírus


Ministério da Saúde anuncia aplicação da 3ª dose contra a Covid-19

Aplicações iniciam a partir de 15 de setembro para idosos e imunossuprimidos
25/08/2021 Portal Adesso - Foto: Arquivo

     Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde, anunciou nesta quarta-feira (25), que o Brasil terá aplicação da terceira dose de vacina contra a Covid-19, a partir do dia 15 de setembro. A dose adicional será aplicada primeiramente em idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos, que são pessoas com o sistema imunológico comprometido. 

     Além disso, o ministério vai antecipar também a aplicação da segunda dose dos imunizantes da Pfizer e AstraZeneca das atuais 12 semanas para oito semanas.  Atualmente, o Rio Grande do Sul orienta intervalo de 10 semanas.

     A decisão foi tomada durante reunião do ministério na noite desta terça-feira (24), mas confirmada hoje. A partir da data inicial das vacinações, as doses para este primeiro grupo a receber as aplicações começarão a ser enviadas. O grupo de imunossuprimidos poderá receber a imunização 28 dias após a aplicação da 2ª dose e os idosos com mais de 70 anos, que tenham recebido a 2ª aplicação há pelo menos seis meses.

     As aplicações em idosos seguirão ordem cronológica, partindo do mais velho para o mais novo. Para faixas etárias abaixo de 70 anos e profissionais da saúde, o ministério está aguardando a conclusão de um estudo para decidir como será realizada a nova aplicação.  

     Em um primeiro momento, a imunização deverá ser feita com uma dose da Pfizer, ou de maneira alternada, com a vacina da Janssen ou AstraZeneca.



MAIS NOTÍCIAS