Política


Vereador comenta sobre construção de escada em Carlos Barbosa

Cleber Coshul participou do Prato Limpo desta segunda (30)
31/08/2021 Portal Adesso - Foto: Reprodução ADESSO TV/Arquivo Pessoal
Anterior Próximo

     Cleber Coshul, também conhecido como Chicho, vereador da bancada Progressista (PP) de Carlos Barbosa, em participação no programa Prato Limpo desta segunda-feira (30), no ADESSO TV, comentou sobre a construção de uma escada em formato de plataforma, na rua Antônio Martim Guerra, no bairro Planalto. Na seção ordinária realizada no dia 23, Coshul criticou o projeto apresentado, afirmando ter uma estrutura perigosa e não estar no agrado dos moradores locais.

     O vereador voltou a criticar o projeto comentando sobre a demora na entrega da obra e os altos valores gastos para sua realização. “É uma obra que foi feita sem a consulta da comunidade, que tinha previsão de entrega no final de janeiro e até agora não foi terminada, tem um valor absurdo por ser uma escada, de mais de R$ 232 mil”, afirmou Coshul.

     Chicho falou que a construção da escada foi um pedido dos moradores do bairro, para facilitar o acesso entre uma rua e outra, devido à grande quantidade de morros neste local. “Foi um pedido dos moradores, pois o local tem muitos morros e eles necessitam dessa escadaria para facilitar o deslocamento”, comentou.

     Coshul comentou também que o planejamento da obra foi mal feito, pois não está sendo feito conforme o pedido dos moradores, além de estar localizado nas proximidades de um barranco, que a poucos dias atrás, devido à chuva, registrou um desmoronamento, oferecendo perigo para quem for utilizar o local, e irá beneficiar apenas algumas pessoas. “É um projeto que não tem nada a ver com a solicitação dos moradores. Pode vir a funcionar, pode, mas irá beneficiar apenas um grupo de pessoas, no caso jovens, pois os idosos já comentaram que terão dificuldades em utilizar a escadaria, devido à altura e quantidade de degraus”, falou o vereador.

     Ele falou também que com o dinheiro investido, poderia ter se pensado em um projeto melhor, com outras construções. “Com esse valor daria para fazer além da escada, uma praça com árvores e bancos, então dava para fazer uma coisa muito melhor”, afirmou Coshul.

     O vereador finalizou dizendo que em reunião realizada na última sexta-feira (27), com a presença de secretários e a associação dos moradores do bairro Planalto, foi solicitada a solução do problema, para reparar os danos causados pelo início da obra, que por estar licitada, não poderá ser interrompida. “Realizamos essa reunião e decidimos que a associação fará um abaixo assinado e vamos entrar com um pedido na promotoria pública para tentar para essa obra. Vamos tomar atitudes e vamos tentar fazer uma escada como os moradores do bairro solicitaram”, destacou Coshul. 

     Para acompanhar a entrevista completa com o vereador Cleber Coshul, acesse o link: //www.facebook.com/PortalAdesso/videos/375233260632327


MAIS NOTÍCIAS