Política


Vereador cobra explicações do presidente do Hospital São Pedro

Direção divulgou nota sobre a manifestação do vereador e disse que o caso é um fato isolado
14/10/2021 Portal Adesso - Foto: Reprodução/Câmara de Garibaldi

     Fatos que ocorreram nas dependências do hospital São Pedro de Garibaldi tem provocado descontentamento por parte da prefeitura municipal e dos vereadores da situação que afirmam que a instituição está sendo usada para fins políticos partidários.

     Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Garibaldi, nesta quarta-feira (14), o líder do governo, vereador Cassio Fachi (PP), cobrou do presidente do hospital, Adorino Martinazzo, explicações sobre matéria de jornal que pedia a cassação do prefeito Alex e do vice-prefeito Sérgio Chesini ter sido colocada como destaque em um mural na sala dos médicos. “É com muita tristeza, revolta e indignação que venho a esta tribuna denunciar um ato de ativismo político dentro de um hospital que é comunitário. Gostaria de convidar o presidente do hospital para maiores esclarecimentos, pois instituição que recebe verba pública não deve ter partido”, disse Fachi

     O vereador ainda criticou duramente Martinazzo que durante a vinda da secretaria estadual da saúde em ato realizado no hospital, que teve a presença do ex-prefeito Antônio Cettolin, Martinazzo que é ex-presidente do MDB teria dado indiretas ao trabalho do atual prefeito Alex. Embora Fachi não tenha relatado este episódio, ele também deu uma “indireta” ao presidente: “Se o presidente perde o controle de uma empresa, o mínimo que ele deve fazer é colocar seu cargo à disposição”, esbravejou o vereador. 

     Além do vereador Fachi, os vereadores Deonísio Cereja e a vereadora Cíntia Chesini também cobraram explicações do presidente do hospital e afirmaram que iriam enviá-lo um documento solicitando que ele compareça ao plenário da Câmara de Vereadores para explicações. 

Sérgio Chesini questionou o hospital

     Discursando em dois atos nesta quarta e quinta-feira, o vice-prefeito de Garibaldi mostrou sua indignação com o episódio. O primeiro foi durante a apresentação do balanço dos 270 dias de governo onde ele apresentou a situação do caixa da prefeitura. No momento em que ele mostrava os valores repassados ao hospital, Chesini afirmou que nenhum governo da história de Garibaldi repassou tanto recurso para o hospital em apenas nove meses quanto Alex Carniel e Sérgio Chesini, lembrou do aumento no número de serviços como exames e de cirurgias que a atual secretaria de saúde comprou do hospital. Ele também disse que hospital é o lugar para tratar dos doentes não para fazer qualquer tipo de política. 

     Já nesta quinta-feira (14), Sérgio mais uma vez questionou o hospital. Durante um evento em entidade de Garibaldi, Chesini disse que quer mais transparência nos recursos públicos que foram destinados a instituição. As palavras, foram claramente endereçadas ao presidente Adorino Martinazzo, que durante a campanha eleitoral quando os candidatos se apresentavam ao conselho do hospital, Martinazzo deu uma indireta a Sérgio dizendo que ele estaria sempre viajando, trabalhando fora da cidade. Discurso semelhante ao utilizado pelo MDB na eleição para desqualificar Sérgio dizendo que ele não conhecia Garibaldi. 

Direção do Hospital divulgou Nota de Esclarecimento

     Na manhã desta quinta-feira (14), a direção do hospital divulgou Nota Oficial esclarecendo os fatos e buscando um entendimento. O documento foi assinado pelo presidente Adorino Martinazzo, pelo administrador Jaime Gnatta Kurmann e pelo diretor técnico Dr. Rodrigo Vieira Jacobi. Leia a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Vimos por meio deste esclarecer sobre os fatos relatados pelo vereador Cássio Fachi em sua manifestação na tribuna no dia 13/10/2021: 

1) Primeiro, há de se lamentar as colocações do referido Vereador, generalizando o comportamento de todo o Hospital, numa situação totalmente isolada. A colocação de referida reportagem veiculada em jornal envolvendo Políticos Locais ocorreu na sala de estar dos médicos, inclusive com o Profissional já identificado e assumindo referido erro; e não é compactuada com a Direção, Administração, e Corpo Clínico deste Hospital. 

2) No mesmo momento que soube de referida situação, o Administrador do Hospital, no domingo, dia 10 de outubro, que se encontrava em Porto Alegre, e é o responsável pelas atividades rotineiras do Hospital mandou RETIRAR E DESCARTAR IMEDIATAMENTE referido material, orientando e passando ao grupo de médicos, a seguinte orientação, às 12 horas e 11 minutos daquele dia: “ boa tarde, Srs. Médicos. Estou em Porto Alegre e fiquei sabendo hoje de uma postagem/reportagem de recorte de jornal colocada na sala dos médicos envolvendo políticos locais. Peço que qualquer tema político local, estadual, e regional seja evitado, pois queremos manter um bom clima com todos e NÃO SOMOS POLITICOS ALI DENTRO. Então, quem postou referida reportagem, por favor, que não o faça mais. Estará nos prejudicando, e estamos mantendo uma boa parceria com o município com TODOS. Obrigado. Esta é uma sala para preenchimento de laudos e lazer, café, jamais para outra coisa. Por favor. 

3) No dia seguinte, após reunião envolvendo o Presidente do Hospital, o Administrador, Gerentes Operacional, Assistencial e Executivo, em contato e concordância com o Diretor Técnico, este Hospital resolveu FECHAR referida sala, transformando-a em triagem de atendimento para pacientes. 

4) Pela situação criada, este Hospital lamenta e pede sinceras desculpas às pessoas envolvidas e a todos que se sentiram ofendidos, pois não concorda jamais com esse comportamento, mas informa e ratifica que se trata de fato isolado, de um profissional, com vastos serviços prestados à comunidade Garibaldense e regional, e que hoje está arrependido. Não fizemos política dentro do Hospital São Pedro, e tudo que é generalizado, da maneira que fora colocado, pelo nobre vereador, entendemos que está equivocado. 

5) O Hospital Beneficente São Pedro atende hoje 7.500 atendimentos mensais, com 15 contratos assinados de diferentes municípios. É referência em áreas para 25 municípios, englobando 350.000 pessoas.

 6) Sempre trabalhou com parceria com todos os Governos, Municipal, Estadual e Federal. Não é à toa que no último dia 05 de outubro recebeu a visita da atual Secretária Estadual de Saúde, Sra. Arita Bergmann, na qual pleiteou recursos para a construção de nova área física para ampliar seus serviços, especialmente via Sistema Único de Saúde. 

7) O Prefeito Alex Carniel, Vice-prefeito Sérgio Chesini, e todos os membros da atual Gestão tem sempre nosso maior respeito. Buscaram recursos de custeio quando precisávamos, e reconhecemos isso, ofertando, como contrapartida à comunidade Garibaldense 80 cirurgias eletivas GRATUITAS, em e-mail enviado à Sra. Secretária Municipal de Saúde em 08 de setembro deste ano. Isso é a prova de nosso reconhecimento ao esforço do Poder Público Municipal. 

8) Na data de hoje, 14 de outubro, foram publicadas Portarias do Ministério da Saúde números 2.682 e 2.685, que destinam recursos ao Hospital de R$ 100.000,00 (cem mil reais), R$ 25.666,00 ( vinte e cinco mil, seiscentos e sessenta e seis reais ) e R$ 1.000.000,00 ( um milhão de reais). A emenda de R$ 100.000,00 (cem mil reais) teve o esforço da vereadora Patrícia Bagatini, de Boa Vista do Sul. O recurso de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) o esforço, empenho e a conquista do Poder Público Municipal de Garibaldi, na Pessoa do seu Prefeito Municipal, Alex Carniel, na sua última visita à Brasília, da qual, mais uma vez agradecemos.

 9) Esses recursos serão vitais para o custeio do Hospital, que teve um ano difícil, complicado, e possibilitarão o equilíbrio buscando sempre a manutenção e ampliação de atendimentos destinados ao Sistema Único de Saúde. Dessa maneira, como contrapartida ao esforço do Gestor Municipal, este Hospital ofertará, em cota única, 100 (cem) exames de Ressonância Magnética GRATUITOS à comunidade Garibaldense, a serem disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde a partir do dia 01 de novembro de 2021, priorizando a necessidade de urgência. 

10) Também sempre que pôde, o Hospital São Pedro procurou dar a sua contrapartida à comunidade e aproximar-se cada vez mais. Foi assim na festa patrocinada por esta entidade juntamente com demais entidades, na festa com crianças carentes de Bairros de nossa cidade, na data de ontem, 13 de outubro, com a doação de guloseimas, negrinhos, comprados e feitos pela própria equipe do Hospital, numa ação memorável que teve a frente a atual Secretária de Saúde Sra. Clarisse Lagunaz e a Sra. Renata Possebon, Primeira-Dama do Município. 

11) A evolução do Hospital nos últimos anos está acima de qualquer erro cometido isoladamente. E assim pretendemos continuar. Com paz, tranquilidade, e sempre procurando acertar, no entanto acusações, comentários levianos e generalizações não serão tolerados. 

Garibaldi, 14 de outubro de 2021. 

Adorino Carlos Martinazzo Presidente 

Jaime Gnatta Kurmann Administrador 

Dr. Rodrigo Vieira Jacobi Diretor Técnico



MAIS NOTÍCIAS