Polícia


Casal de idosos que aplicava golpe do bilhete há 24 anos é preso

Suspeitos de comandar o esquema em todo o Estado residiam em São Leopoldo
21/10/2021 Portal Adesso - Foto: Arquivo

     A Polícia Civil (PC) de Farroupilha prendeu um casal de idosos, nesta quinta-feira (21), pela venda de falsos bilhetes premiados, em São Leopoldo. O homem, de 72 anos, e a mulher, de 60, praticam o crime desde 1997 e são os principais suspeitos de comandar o esquema no Estado.

     A investigação foi deflagrada acerca de seis meses, a partir de um caso registrado em Farroupilha. Durante o período de investigação apurou-se que a Organização, cujos líderes residem em São Leopoldo, atuam em todo os Estado do Rio Grande do Sul (RS). Diante disso, a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Farroupilha cumpriu ordens judiciais de prisão preventiva e busca e apreensão nos endereços dos suspeitos. A PC apurou também que a estrutura da Orcrim atualmente é composta por mais de quatro pessoas.

     Em síntese, esse tipo de golpe funciona da seguinte maneira: A vítima é abordada por uma pessoa que pede uma informação qualquer (por exemplo, um endereço) logo na sequência chega outro mostrando o bilhete premiado, ambos em conluio, às vezes chega ainda um terceiro e demonstra interesse no prêmio, então começam a ludibriar a vítima com a falsa promessa do ganho; nesse momento um dos criminosos liga para alguém que se passa por agente de lotérica que “confirma” a idoneidade do bilhete; após, mediante emprego de ardilosa tática de convencimento, normalmente colocam a vítima dentro de um carro (dos criminosos) e deslocam-se até um banco ou a casa da vítima para que esta repasse algum valor em troca do bilhete premiado.


MAIS NOTÍCIAS