Saúde


Prefeitura de Bento realiza ações de conscientização ao câncer de próstata

Campanha será realizada durante todo o mês de novembro
11/11/2021 Portal Adesso - Foto: Reprodução

     A Secretaria Municipal de Saúde de Bento Gonçalves está realizando uma série de ações de conscientização em prol da saúde do homem, durante o mês de novembro, dedicado a conscientização ao câncer de próstata. Serão realizados testes rápidos, atendimentos especiais na Unidade de Saúde da Família do bairro Zatt, e uma série de outras ações orientativas no centro e nos bairros.

     A campanha visa a conscientizar os homens sobre exames para a detecção precoce do câncer de próstata por meio do exame de sangue por Antígeno Prostático Específico (PSA) ou pelo exame de toque, além de promover a saúde e o cuidado para outras doenças que atingem predominantemente o público masculino.

     Objetivo das ações é inserir o debate acerca da saúde da população masculina na perspectiva da saúde integral do homem, ampliando o foco para além do câncer de próstata. Uma pesquisa do Ministério da Saúde publicada em 2018, mostrou que é alto o número de homens que não têm na sua rotina o cuidado com a saúde.

Sobre o câncer de próstata no Brasil

     O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que 65,8 mil homens devem ser diagnosticados com câncer de próstata neste ano no Brasil. A doença ocupa a primeira posição no Brasil e atinge principalmente, homens a partir dos 45 anos. Esse chamamento ao público masculino para cuidar mais de si é um dos lemas da campanha Novembro Azul, que além de abordar a saúde de forma geral, trata do segundo câncer mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é que a incidência este ano seja de 68.220 casos. Ou seja, a cada hora, sete homens recebem o diagnóstico do câncer de próstata no Brasil. Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2019, o câncer de próstata foi o tipo de câncer mais comum no Brasil e o segundo em óbitos no Rio Grande do Sul.


MAIS NOTÍCIAS