Tempo


Verão deverá ser de chuva irregular no Estado

Previsões foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia
24/11/2021 Portal Adesso - Foto: Agência Brasil

     Depois de uma primavera chuvosa, boa parte Rio Grande do Sul (RS) terá um verão de chuvas irregulares, com meses de seca alternando-se com períodos chuvosos. As previsões foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que apresentou, pela primeira vez, a tendência de chuvas e de temperaturas para os próximos seis meses em todo o país. Até agora, o órgão fornecia apenas a previsão climática para cada trimestre.

     Foram apresentadas as projeções climáticas entre novembro e abril. As estimativas serão atualizadas mensalmente e seguirão uma média móvel semestral. No próximo mês, serão divulgadas as previsões entre dezembro e maio. Em janeiro, as estimativas irão até junho.

Chuva

     Segundo o Inmet, novembro terá chuvas abaixo da média na Região Sul. As projeções apontam a manutenção desse padrão até o fim do mês. Em dezembro, a previsão indica chuva entre 10 milímetros e 50 milímetros abaixo da média. Em janeiro, o RS poderá ter chuvas ligeiramente acima da média.

     Para fevereiro, o modelo indica chuvas irregulares em praticamente toda a Região Sul. Determinadas áreas do RS e Santa Catarina deverão ter chuvas abaixo da média. Em março e abril, as chuvas deverão continuar abaixo da média. 

Temperatura

     Em relação à temperatura média para os próximos seis meses, o Inmet estima que as temperaturas deverão permanecer próximas da média no mesmo período em todo o Estado. Em março e abril, há tendência de temperaturas de normal a acima da média, o que reduz as previsões de geada no início do outono.

     Segundo o Inmet, o novo modelo de divulgação, baseado no comportamento da atmosfera e nos dados de mais de 750 estações meteorológicas automáticas e convencionais, facilita a tomada de decisões pelo produtor rural, define o planejamento da geração de energia hídrica e ajuda a estimar a viabilidade do transporte fluvial nas principais bacias hidrográficas do país.


MAIS NOTÍCIAS