Agricultura


Estiagem afeta a safra da uva 2022 na Serra

Falta de chuvas deixa os parreirais da região da Uva e do Vinho secos e parte da produção já é considerada perdida
31/12/2021 Rádio Difusora 890

     A forte estiagem que atinge o estado do Rio Grande do Sul, especificamente a região Nordeste, vem afetando diversos setores, principalmente a agricultura. Em Bento Gonçalves, por exemplo, o setor vitícola vem sendo bastante prejudicado pela falta de chuva.

Nesta semana, os  viticultores da família Flamia, na comunidade de São Valentim 96, linha Ferri, distrito de Faria Lemos, interior de Bento Gonçalves, disse que está com a safra ameaçada devido a falta de chuva. Grande parte dos parreirais já está perdido e não deve dar frutos nesta safra. Segundo informações, em 2019, a estiagem causou grandes perdas para a viticultura, mas nada se compara a este ano. As imagens mostram o estrago que a falta da chuva está causando nos parreirais.

     Segundo os proprietários não há previsão de colheita, nem se haverá a colheita da uva. A estiagem é ainda pior do que o granizo para os agricultores, pois o granizo acaba causando prejuízo para a fruta, mas mantém a planta, que pode ser recuperada em uma próxima safra. Já a seca pode causar a perda da planta. A família Flamia é proprietária da primeira agroindústria familiar de vinho colonial de Bento Gonçalves, a Picola Cantina.




MAIS NOTÍCIAS