Saúde


Sec. da Saúde de Bento orienta população sobre cuidados contra a Dengue

Desde o ano passado o município não contabiliza casos da doença
10/01/2022 Portal Adesso - Fotos: Divulgação
Anterior Próximo

     O trabalho de prevenção ao mosquito Aedes aegypti é realizado semanalmente em diversos bairros de Bento Gonçalves. Atualmente a Secretaria da Saúde conta com 22 agentes de endemias e em média as equipes realizam 1.200 visitas em imóveis por semana. Em 2021 foram encontrados 76 focos do mosquito no município, mas nenhum caso de infectado. 

     Somente no período de outubro a dezembro foram verificados 11.981 imóveis durante as atividades normais e mais 1.680 durante o Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAs), que é um trabalho realizado por amostragem, onde todos os bairros são visitados em uma semana. Foi constatado que o índice de infestação do município pelo inseto ainda é menor de um por cento. 

     A médica veterinária da Vigilância Ambiental, Analiz Zattera, destacou sobre o trabalho realizado pelos agentes. “A principal orientação feita pelos agentes é de que a população descarte possíveis criadouros de forma correta, principalmente através da coleta de lixo reciclável. Lembramos que vistorias de apenas 15 minutos por semana na casa e nos arredores é suficiente para eliminar muitos criadouros nos imóveis. A eliminação começa com a retirada de água dos depósitos e seu descarte através da coleta de lixo reciclável”, explicou.

     Analiz salientou ainda que “em 2021 tem sido encontrado muitos focos em depósitos de coleta de água da chuva que não estão devidamente protegidos com tampas ou telas antimosquitos. Esses depósitos são muitos propícios para proliferação de Aedes aegypti assim como as caixas de água potável que não ficam bem vedadas. Os mosquitos podem passar por frestas muito pequenas e acabam se proliferando também nas caixas de água”, falou a médica veterinária.

Os principais sintomas da dengue são:

     - Febre alta (maior que 38.5°C) de início abrupto e que dura entre 2 e 7 dias

     - Dores musculares intensas

     - Dor ao movimentar os olhos

     - Mal-estar

     - Falta de apetite

     - Dor de cabeça

     - Manchas vermelhas no corpo

     Ao apresentar os sintomas, é muito importante procurar a Unidade de saúde mais próxima, para diagnóstico e tratamento adequados.


MAIS NOTÍCIAS