Polícia


Homem que matou mulher e sogra em Garibaldi é condenado a 37 anos de prisão

15/09/2015 Portal Adesso

     O Juíz de Direito da Comarca de Garibaldi, Dr. Gérson Martins da Silva, encerrou por volta das 15h desta segunda-feira (15), o Júri Popular de Sérgio Siqueira, acusado de matar a facadas a esposa e a sogra no bairro Bela Vista II em Garibaldi em julho de 2014. A sentença aplicada ao réu foi de 37 em regime fechado.

     Vinte anos pelo homicídio de sua esposa, Márcia Lazaron Brandão, e dezessete anos de prisão, pelo assassinato de sua sogra, Justina Inês Lazaron Brandão. Siqueira cumprirá a pena no Presídio Regional do Apanhador, em Caxias do Sul.

 

Relembre o caso:

     O crime ocorreu na rua Café Filho no bairro Bela Vista II por volta de 1h30min do dia 05 de julho de 2014.

     Siqueira, quebrou a janela da casa e invadiu a residência e começou a agredir as moradoras. “Eu tentei segurar ele, mas ele me agrediu no rosto e aí foi quando eu fiquei desorientado e ele as esfaqueou”, contou o filho de Márcia e Sérgio, Edenilson, na época do crime.

     Ele foi preso na manhã do dia 9 de Julho no bairro Triângulo em Carlos Barbosa pelos policiais civis de Carlos Barbosa e Garibaldi. O acusado estava escondido dentro de um carro abandonado. Siqueira tem antecedentes criminais por lesão, ameaça e uma condenação por porte ilegal de arma.

     Ele cumpriu pena em Montenegro, mas foi solto pela progressão de regime. Ele ainda é investigado por um caso de estupro em São Sebastião do Caí que teria ocorrido em 2012. Márcia havia registrado ocorrências de Lei Maria da Penha contra ele.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS