Geral


Prefeito de Farroupilha assina decreto que corta 9% nos gastos do município

16/09/2015 Rádio Gaúcha Serra

 

    Um decreto emitido na última semana prevê o corte de 8% a 9% no orçamento da prefeitura de Farroupilha. O índice representa entre R$ 600 mil e R$ 900 mil. Entre as principais medidas estão o corte de horas extras, permitidas apenas em casos excepcionais, e redução nos gastos com telefonia, energia e combustível. Orçamentos para a saúde e educação não foram afetados.

     De acordo com o prefeito, Claiton Gonçalves, o Estado deixou de repassar R$ 5 milhões em retorno de ICMS. Além disso, o município assumiu custos de R$ 6 milhões com o Hospital São Carlos. Não está prevista suspensão de obras porque todos os projetos em andamento serão pagos com recursos federais.

     Conforme o prefeito, não estão previstas reduções de carga horária porque é preciso cumprir os salários, além de manter a produtividade dos servidores. 

 

MAIS NOTÍCIAS