Política


Site do PMDB gaúcho é invadido por hackers

21/09/2015 Rádio Guaíba

     Um grupo de hackers invadiu a página oficial do PMDB gaúcho neste domingo. Na página oficial do “Asor Hack Team”, que reivindicou a ação, o ataque é anunciado já por volta da meia-noite de hoje incluindo, na postagem, uma imagem da página do partido.

     Até as 19h30min, a postagem possuía apenas 36 compartilhamentos. Os hackers utilizaram uma imagem animada do filme de terror “O Chamado” para, na sequência, chamar a atenção da sociedade para o que chamaram de “monopólio hegemônico prejudicial ao país.” O grupo manifesta apoio aos servidores públicos do Estado que tiveram salários parcelados, além de criticar a sigla e o governador José Ivo Sartori pelos cortes no orçamento.

     A reportagem da Rádio Guaíba tentou contato com a direção do partido no Estado, mas ninguém atendeu às ligações.

 

Veja a mensagem deixada pelos hackers:

     “Os servidores do RS tentam chamar a atenção da sociedade para os cortes no orçamento que vêm sendo alardeados pelo Governo Sartori, os ataques a direitos dos servidores e o que isso significa na prestação do serviço público. Os servidores públicos estão recebendo R$600 de forma parcelada. Todos os partidos esqueceram que existem em função de uma sociedade e ficaram tão escancaradamente atolados em práticas fisiológicas, na inabalável confiança da impunidade e da omissão d poder público.

     Os interesses inalteradamente fisiológicos do PMDB o transformam em um partido parasita da República, sempre a aproximar-se do poder nos entido de formar com o Executivo um monolitismo hegemônico prejudicial ao pais. Essa fusão aglutina as forças mais tradicionais do país, como as oligarquias do Norte e Nordeste, banqueiros e grandes empresas.”

 

MAIS NOTÍCIAS