Geral


Flores da Cunha também decreta Situação de Emergência

25/09/2015 Rádio Guaíba

     Depois de Caxias do Sul e Campestre da Serra, o município de Flores da Cunha, também na Serra gaúcha, decretou situação de emergência em razão das perdas causadas pela geada. A prefeitura contabilizou prejuízo de R$ 24 milhões para cerca 1,6 mil famílias de agricultores. As maiores perdas ocorreram na cultura de uvas para produção de vinho, que deve ter 40% da produção inutilizada. Os dois dias de geada mais intensa, 12 e 13 de setembro, também provocaram danos em plantações de ameixa, pêssego, caqui, pêra e maçã.

     A oficialização do decreto pelo Estado deve liberar recursos para auxiliar os produtores. Em Caxias, que decretou ontem a situação de emergência, o prejuízo estimado chega a R$ 60 milhões. Campestre da Serra alegou perdas de R$ 7 milhões no setor primário. O mesmo caminho pode ser seguido pela prefeitura de Farroupilha.

 

 

MAIS NOTÍCIAS