Geral


Exclusivo: Aeronáutica proíbe por tempo indeterminado voos na pista de Garibaldi

24/05/2016 Portal Adesso - Foto: Reprodução site Aeronautica

     Fechamento do aeródromo será a partir do dia 15 de junho. Motivo é a falta de um Plano de Proteção para garantir segurança nas operações aéreas.

     O aeródromo de Garibaldi mais uma vez volta a ser destaque na mídia com informações negativas. Após correr risco de interdição devido à falta de pintura na pista que impossibilita a operação de aeronaves, e do empurra-empurra entre prefeitura municipal e departamento aeroviário do Estado para realizar o serviço, agora, a situação parece ser mais grave.

     Na última semana, pilotos que desejavam operar na pista da cidade foram surpreendidos com a informação do fechamento temporário do aeródromo comunicado por meio de NOTAM (notificação para os aeronavegantes) pelo Comando da Aeronáutica. A interdição é por tempo indeterminado e começa a vigorar a partir do próximo dia 15 de Junho. O motivo desta medida é porque a pista de Garibaldi não possui o Plano de Zona de Proteção.

     Esses Planos são exigências que funcionam como limitadores às implantações no entorno dos aeródromos e são constituídos por levantamentos topográficos, onde são identificados o tipo e a altura dos obstáculos, como prédios e antenas, que podem ser construídos sem prejuízo para a operação dos voos, visual. A proibição das operações, visa garantir a segurança e a regularidade das operações aéreas, bem como incentivar administradores aeroportuários a tomarem as providências cabíveis.

     Ainda não se sabe de quem era a responsabilidade de fazer este plano. Se foi falha da Prefeitura Municipal de Garibaldi ou do Aeroclube local. Procurados pela nossa reportagem, a direção do aeroclube não foi encontrada e a administração municipal não se manifestou.

     Pilotos e entusiastas da aviação estão indignados com o fato e reclamam de possível omissão do município. “Enquanto Bento Gonçalves constrói uma pista em alguns meses, Garibaldi sequer consegue pintar a nossa pista. Estamos perdendo mais um dos símbolos da cidade”, declarou um piloto que preferiu não ser identificado.

     No site do Serviço de Informação Aéronauticas da Força Aérea Brasileira, os pilotos de todo o país que consultarem informações sobre a pista de Garibaldi já são avisados sobre a interdição. Na informação NOTAM, a letra E diz: AD CLSD que significa:"Aerodromo Fechado" por não apresentação de Plano Básico de Zona de Proteção.

 

 

MAIS NOTÍCIAS