Geral


Briga política entre prefeitura e ACI ofuscam Feira em Carlos Barbosa

18/06/2016 Portal Adesso

     Administração municipal tenta medir força com a mais importante entidade do município. Prefeito Xavier ameaça não repassar recursos para o evento.

     Pela imprensa local, a diferença de R$ 75 reais cobrados pelo metro quadrado do espaço ao expositor da Feira de Compras que inicia no próximo dia 01 de julho está servindo como argumento para a “batalha” que tem repercutido na cidade entre o prefeito municipal Fernando Xavier da Silva e o presidente da Associação do Comércio Indústria e Serviços de Carlos Barbosa, Fabiano Paloschi Ferrari.

     No último dia 09, Xavier reuniu alguns comerciantes em seu gabinete e prestou contas sobre repasses feitos para a associação, e afirmou que o motivo do encontro era esclarecer declarações dadas pela entidade para justificar o aumento na cobrança pela comercialização de espaços. Conforme o prefeito, o corte de repasses do município foi o argumento utilizado pela associação para reajustar o valor em 95%. Após o encontro, a administração municipal enviou documento para a associação sugerindo que o valor ficasse em torno de R$ 110,00 ao metro quadrado, sendo que o repasse do município só seria efetuado caso esta condição prevalecesse.

     Já na última sexta-feira (17), em uma entrevista coletiva na sede da ACI, a coordenadora da Feira de Compras, Adriana Zago e o presidente da entidade, Fabiano Ferrari, rebateram as declarações da prefeitura mostrando com vários documentos acordos firmados e motivo do reajuste. Segundo Ferrari, o reajuste de R$ 80 para R$ 155 ao metro quadrado foi acordado com expositores sob fatores como a diminuição dos espaços à venda e inflação. Fabiano declarou que se caso a prefeitura não participar com a verba indicada em convênio, a Feira sofrerá “cortes drásticos”, mas descartou o cancelamento do evento.

    A coordenadora da Feira, Adriana Zago, indicou que o custo dos estandes pode ter um desconto de 10%, caso o orçamento inicial fique dentro do previsto. Neste caso, o preço baixaria para R$ 139, valor que não repercute o sugerido pela prefeitura: R$ 110.

     Ferrari mostrou ainda o termo de compromisso de repasse com a Prefeitura para a Feira de Compras. “Nesse termo consta que qualquer corte no repasse da Feira precisa ser comunicado 30 dias antes do evento. Nós rebemos o documento do prefeito 20 Dias antes”, afirmou.

     Outros documentos mostram ainda que agentes políticos (pré-candidatos) chegaram a protocolar pedido de informação na prefeitura para saber quais as taxas e valores seriam cobrados pelo município para a realização da feira da ACi, demostrando claramente que há certo viés político em cima do fato. A Prefeitura no ano passado repassou R$ 90 mil e neste ano a verba é de R$ 72 mil. 

     A reportagem do Portal Adesso contatou a assessoria de imprensa do município para ouvir o prefeito Fernando Xavier, mas foi nos informado que devido sua agenda não poderia conceder entrevista na sexta-feira.  

 

MAIS NOTÍCIAS