Economia


Crise do país afetou venda do suco de uva

12/01/2017 Portal Adesso - Foto: Maiquel Vignatti/Divulgação

     Dados do Ibravin mostram que a queda nas vendas foi de 20% em 2016.

     A previsão no início do ano passado indicava que iria faltar suco de uva no mercado e que as vinícolas da serra necessitariam até importar o produto de outras regiões ou países, porém, números apresentados mostram queda com relação ao ano anterior com retração de 20% nos últimos 12 meses.

     Em 2015, o setor vendeu 108 milhões de litros de suco integral e em 2016 foram 87 milhões de litros. O motivo para a diminuição do consumo, conforme o presidente da Cooperativa Vinícola Garibaldi e vice-presidente do IBRAVIN, Oscar Ló, foi o aumento do preço da uva, alta no valor dos insumos, energia elétrica, garrafas de vidro e alíquota do ICMS que passou de 17% para 18%. “Isso fez com que as vinícolas elevassem o preço médio para o consumidor”, afirmou Ló.

     A estatística ainda não está fechada, mas acredita-se que as vinícolas vão manter no estoque cerca de 30 milhões de litros de suco, sendo que o mercado estava crescendo em média 15% ao ano.

     Na Cooperativa Vinícola Garibaldi, conforme Oscar Ló, a retração nas vendas de suco de uva foi menor. A produção chegou a 7,8 milhões de litros em 2016. No ano anterior, foram 9 milhões de litros. Já a venda de vinhos e espumantes se manteve nos patamares registrados no ano anterior com pequeno aumento nas vendas.

 

 

MAIS NOTÍCIAS