Política


Acomodação política gera embrolho na prefeitura de Bento

18/02/2017 Portal Adesso - Foto: Notícias de Bento

     Para dar vaga a suplente de vereador, Prefeito Pasin mexeu no IPURB e na Secretaria de Mobilidade Urbana. MP abriu inquérito para investigar nomeação e pediu esclarecimentos à administração municipal.

     No meio político, é normal partidos que formam uma grande coligação exigir cargos ou indicações no governo eleito pelo grupo. Em Bento Gonçalves, a situação não foge à regra, formada por nove partidos, a aliança que reelegeu Guilherme Pasin necessita “acomodar” alguns integrantes e devido a isso, uma grande polêmica toma conta do meio político local.

     Para que o suplente de vereador Anderson Zanella (PSD), assumisse uma cadeira na Câmara de Vereadores, foi preciso que o vereador eleito Amarildo Lucatelli (PP) do partido do prefeito e líder do governo, deixasse espaço na casa legislativa e assumisse outro cargo no governo municipal.

     Pasin, ofereceu a Lucatelli o cargo de direção do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ipurb) e o nomeou no início da semana Na quinta-feira (16), o vereador de oposição Moacir Camerini (PDT), protocolou denúncia no Ministério Público de Bento Gonçalves, alegando que o vereador licenciado Amarildo Lucatelli não cumpriria os requisitos para a função, que, conforme a Lei Municipal nº 5727, de 27 de dezembro de 2013, prevê apenas a possibilidade de profissionais com escolaridade mínima de Ensino Médio para o cargo de diretor do Ipurb. Dados de Amarildo informados ao Tribunal Superior Eleitoral, durante o registro da candidatura para as Eleições 2016, mostram que seu grau de instrução é apenas o Ensino Fundamental completo.

     Com a repercussão do caso, a abertura de inquérito civil feito pelo MP para investigar a nomeação e a notificação feita pelo promotor à prefeitura, a administração de Bento voltou atrás e admitiu erro. Em nota, a prefeitura alegou que ocorreu uma falha por porte do setor responsável pela análise de documentação”, o comunicado, foi feito em nome da secretaria municipal de Administração e Governo e divulgado no final da tarde desta quinta-feira.

     Para terminar com o “embrólio” político, o prefeito Guilherme Pasin, mesmo de férias encontrou uma solução para o caso. Exonerou Amarildo Lucatelli do IPURB e dará a ele a secretaria de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana. O atual secretário, Vanderlei Mesquita, deixará a função para assumir o IPURB. 

 

 

MAIS NOTÍCIAS