Polícia


Os números da violência contra a mulher na região

08/03/2017 Portal Adesso - Foto: ilustração

     Hoje 8 de março, se comemora o Dia Internacional da Mulher. Várias são as homenagens prestadas, as declarações feitas, as comemorações realizadas. Porém não podemos nos esquecer do restante do ano. Dos problemas vivenciados, das situações enfrentadas e de um grave problema, a violência contra a mulher.

     O Portal Adesso contatou as delegacias dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, para um levantamento do total de ocorrências registradas de violência doméstica e familiar.

     Na cidade de Bento Gonçalves, conforme números divulgados pela DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher -, só em 2016 foram 1300 ocorrências registradas de violência doméstica e familiar.

     Deste total, 940 inquéritos foram remetidos ao Poder Judiciário. Além da DEAM, as mulheres vítimas de violência contam com uma Rede de Acolhimento com a Patrulha Maria da Penha da Brigada Militar, IGP – Instituto Geral de Perícias e o Centro de Referência da Mulher que Vivencia Violência – REVIVI. Foram realizados no ano passado 792 atendimentos, sendo que ingressaram no serviço 141 novos casos.

     Já no município de Carlos Barbosa, foram registradas 161 ocorrências, sendo estes 107 inquéritos encaminhados ao fórum. Destas ocorrências, foram efetuadas 11 prisões 6 em flagrante e 5 preventivas.

     Ameaça foi o maior fato registrado com 40, depois lesão com 24, vias de fato 22, moral 6,1 casos de estupro e 13 outros fatos gerais. Em Garibaldi, a Delegacia de Polícia Civil não havia compilado os dados e estatisticas de prisõese inquéritos contra mulher. Porém, números de ocorrências mostram que a cidade também possui elevado índice de violencia contra a mulher. Ao todo foram registradas 213 ocorrências em Garibaldi.

     Denúncias podem ser feitas através do disque 180, na Delegacia da Mulher ou no Centro Revivi através do (54) 3454-5400.

 

 

MAIS NOTÍCIAS