Geral


Perita fala ao Portal Adesso sobre a adulteração do leite

16/03/2017 Portal Adesso Foto: MPRS e Arquivo Pessoal
Anterior Próximo

     A adulteração do leite é um assunto que vem se discutindo cada vez mais ao longo do tempo, onde o consumidor é enganado constantemente e não sabe. A 12ª etapa da Operação Leite Compensado na Serra Gaúcha e no Vale do Taquari, foi deflagrada pelo Ministério Público (MP- RS), nesta terça-feira (14).

     Foram cumpridos mandados de prisão, busca e apreensão, após investigação nas cidades de Nova Araçá, Casca, Marau, Estrela e Travesseiro. As industrias acusadas, misturavam soda cáustica no leite vencido. Além do leite, os fabricantes usavam produtos vencidos paraa produção dos cremes de leite e queijos.

     Conforme as investigações, foi descoberto crime organizado e de comercialização de produto lácteo impróprio para consumo humano (pela nocividade ou pela redução do valor nutricional) envolvendo as empresas investigadas. Os laudos realizados pelas próprias empresas eram mascarados, para que tanto a fiscalização quanto os compradores, não visualizassem os problemas.

     O Portal Adesso conversou com a Perita Estadual de Engenharia de Alimentos, Ângela Busnello que nos esclareceu algumas dúvidas sobre o assunto.

     A adulteração acontece por vários motivos, soda, água, sal, formol e outros componentes que podem ser misturados ao leite, tudo isso, em prol da lucratividade das empresas. A perita explica que às vezes a fraude é justamente para melhorar a qualidade de um produto que já está alterado, e devido a colocação de alguns tipos de substância, como formol, isso aumenta sua durabilidade. “Os leites que foram adulterados com água e sal, são para aumento da lucratividade. Não causa um risco tão sério a saúde, porém não é um produto de qualidade”, afirma a perita.

     A adição de alguns produtos é sempre pelo motivo da lucratividade da empresa. Alguns com o propósito de aumentar o percentual de rendimento e outros para aumentar a qualidade de um produto já alterado. A adulteração é imperceptível ao consumidor, pois não se tem a alteração do sabor, por isso, as pessoas não têm como saber se o leite foi adulterado ou não.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS