Geral


Greve Geral não deverá influenciar em Carlos Barbosa e Garibaldi

27/04/2017 Portal Adesso - Foto: Ilustração

     Órgãos públicos e privados não deverão aderir à greve promovida principalmente por sindicatos e movimentos de esquerda.

     As reformas trabalhistas e previdenciárias, aprovadas pelo governo federal na noite desta quarta-feira (26), culminou com a paralisação geral no Brasil. O protesto está marcado para esta sexta-feira (28) e atingirá algumas categorias de trabalhadores, principalmente em grandes cidades.

     Em Garibaldi, as Escola Estadual, Irmã Teofania não fechará, ela funcionará normalmente. Já a Santo Antônio, vai aderir a paralisação em todos os turnos. Nas Escolas Municipais, a Escola Attilio Tosin vai participar da paralização nos três turnos. A Escola Madre Felicidade funcionará normalmente.

     A prefeitura de Garibaldi também não vai aderir à greve e  funcionará normalmente. A Caixa Econômica Federal nos informou que nada está definido e que somente amanhã vão ter uma posição, mas tudo indica que a agência de Garibaldi abrirá normalmente. Outras agencias bancarias, não conseguimos contato.

     Segundo o CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Garibaldi, os comerciantes não vão aderir a paralização e o comercio da cidade deverá funcionar normalmente em horário normal.

     Já em Carlos Barbosa, na Escola Estadual São Roque, apenas alguns funcionários optaram por aderir a paralização, mas a escola estará funcionando nos três turnos.  

     Na Escola Elisa Tramontina, alguns funcionários também vão aderir e outros não, por isso, algumas turmas terão aula e outras serão dispensadas. Na Escola Estadual Carlos Barbosa, por enquanto está definido a paralisação só para o turno da manhã.

     Os bancos, Caixa e Banco do Brasil e Banrisul vão funcionar normalmente, assim como a prefeitura de Carlos Barbosa que não fará qualquer paralisação.

 

 

MAIS NOTÍCIAS