Educação


Escolas Estaduais de Carlos Barbosa e Garibaldi não aderem à greve do Magistério

03/08/2017 Portal Adesso

     Após o anúncio de mais um parcelamento do governo Sartori, professores estaduais optaram por greve até a próxima sexta-feira (4), quando irá ocorrer uma Assembleia, às 14 horas, na Praça da Matriz, em Porto Alegre. O valor do deposito neste parcelamento é de R$ 650,00 sendo compatível com a primeira parcela dos salários.

     Nas cidades de Carlos Barbosa e Garibaldi, as escolas estaduais já se posicionaram sobre a mobilização. A equipe do PORTAL ADESSO contatou a direção das escolas e fez um balanço da adesão.

CARLOS BARBOSA

 

Escola Estadual de Ensino Médio Elisa Tramontina

Segundo a diretora Rosane Giussani, o perfil dos professores está direcionada a não adesão. Neste momento a escola segue com as aulas normalmente, porém a hipótese de participação em outro momento não está descartada.

 

Escola Estadual São Roque

Segundo a diretora Ingrid Bender, a escola segue com as aulas normalmente.

 

GARIBALDI

Escola Estadual de Ensino Fundamental Santo Antônio

Segundo a diretora Marta Regina Santa Rosa, apenas um dos docentes é favor das paralisações, entretanto a escola segue com as aulas normalmente. Ainda segundo Marta, futuramente a escola poderá aderir às paralisações, caso ocorram outros atos.

 

Escola Estadual de Ensino Médio Dante Grossi

Ninguém atendeu o telefone.

 

Escola Estadual de Ensino Fundamental Carlos Gomes

Segundo a diretora Fabiana Agostini Copini, a escola segue com as aulas normalmente e não irá aderir ao movimento.

 

Instituto Estadual de Educação Professora Irmã Teofânia

Segundo a vice-diretora Ivonete Cantoni, a escola prossegue com as aulas. 

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS