Economia


Economia Criativa reúne 17 profissionais da região na APEME

31/08/2017 Portal Adesso - Foto: Priscila Boeira

     Aperfeiçoamento mostra o caminho para organizar empresas que trabalham com geração de conteúdo exclusivo.

     A turma do Projeto Economia Criativa está em pleno processo de aprendizagem e experimentação.Criatividade eles têm de sobra, o que falta é ajustar algumas características para fazer seus negócios decolarem. São profissionais de Arquitetura, Publicidade, Moda, Beleza e Artes que estão usufruindo de todo conhecimento disponibilizado por instrutores do Sebrae/RS e da Semente Negócios.

     Garibaldi é a segunda cidade do interior do estado a receber a capacitação, que encerra em novembro. O projeto é uma iniciativa da Associação de Pequenas e Médias empresas (Apeme), Sebrae/RS, Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Conselho Municipal de Políticas Culturais de Garibaldi.

     A proprietária do atelier Miss'Tote, de Carlos Barbosa, Marisa Benincá, relata o que tem aprendido com a metodologia: "Esse curso está me permitindo ter mais organização e discernimento na tomada de decisões. Geralmente não pensamos em pequenos detalhes que, se não forem ajustados, fazem muita diferença no resultado final", afirmou.

 

O que é Economia Criativa?


A Indústria Criativa é formada pelas atividades profissionais e/ou econômicas que têm as idéias como insumo principal para a geração de valor. Esta indústria está dividida em quatro grandes núcleos que são: consumo, cultura, mídias e tecnologia; e cada núcleo abrange algumas das 13 áreas da economia criativa: publicidade, arquitetura, design, moda, expressões culturais, patrimônio e arte, música, artes cênicas, editorial, audiovisual, P&D, Biotecnologia e TIC.

MAIS NOTÍCIAS