Geral


Projeto da nota fiscal eletrônica de serviço é sancionado em Carlos Barbosa

31/10/2017 Portal Adesso - Foto: Ilustração

     Sistema eletrônico já conta com mais de 100 empresas cadastradas

     Aprovado ainda no mês de outubro pelo legislativo barbosense, projeto tem por objetivo conscientizar comunidade a solicitar o documento fiscal. E também para que haja uma destinação de recursos à cidade. Planejamento é de oferecer premiação para os usuários que pedirem nota fiscal aos prestadores de serviço.

     Segundo informações do Secretário da Fazenda, José Carlos Custódio,  apesar de ter sido sancionada recentemente pelo Poder Executivo, o programa já conta com 114 empresas cadastradas no sistema para emissão de notas fiscais de serviço – NFSE. Ainda conforme números informados pelo titular da pasta, já são mais de 2000 notas emitidas no município.

     Conforme o planejamento da administração, nos próximos dias será lançada uma campanha de incentivo à emissão de NFSE. “Vamos lançar um plano de premiação que vai beneficiar tanto os usuários quanto os prestadores de serviço”, afirma o secretário. O primeiro sorteio de prêmios está marcado para o dia 25 de setembro de 2018. Quando serão sorteados vários prêmios, para os tomadores de serviço. Para as empresas serão cinco laptops.

     Adesão à nota fiscal gaúcha

     O secretário comenta, ainda, que por meio da lei 3455/2017, o município de Carlos Barbosa contará com a nota fiscal gaúcha – NFG. A pessoa que realizar alguma compra no comércio da cidade, e informar seu CPF na nota fiscal, estará concorrendo a prêmios de R$ 200 todo o mês. 

 

 

MAIS NOTÍCIAS