Geral


Estudantes: UGE está sem realizar atividades há três anos

09/11/2017 Portal Adesso - Foto: Tamires Piccoli

     Expectativa para 2018, no entanto, é de resgatar identidade da associação

     Fundada em 1957, a União Garibaldense de Estudantes – UGE, desenvolveu um papel fundamental no município nos anos de 1970, revelando grandes líderes políticos da cidade. Hoje, 60 anos após da sua fundação a união está fechada e inoperante desde 2014.

     Em entrevista ao PORTAL ADESSO, o atual presidente da associação e candidato a reeleição, Lucas Alievi, explica que a sede está fechada por conta da troca de local de embarque dos universitários. Antes realizada em frente à associação, na Avenida Presidente Vargas e agora, na rua Vicente Faraon, ao lado da Praça Martini e Rossi.

     De acordo com Alievi, para a próxima gestão, o objetivo é resgatar o nome da UGE por meio de eventos que envolvam não apenas os universitários, mas toda a comunidade.

     “É preciso desenvolver algo que agregue conhecimento, cultura, valores enfim, aí sim poderemos trabalhar e reativar a sede”, afirma.

     Dentre as atividades proposta, a próxima gestão pretende trazer debates mensais para a cidade, com temas importantes como violência contra a mulher, homofobia, diversidade sexual e racismo.

     Sobre a possibilidade de transferir a sede para o terreno baldio ao lado da Praça da Martini, Alievi afirma que são apenas boatos. A sede, permaneceria na rua Vicente Faraon, com funcionamento pleno.

     A votação para a gestão da UGE de 2018, ocorrerá neste sábado (11), na União de Moços Católicos, às 10 horas. Podem participar todos os estudantes regularmente matriculados e residentes em Garibaldi. 

 

 

MAIS NOTÍCIAS