Esportes




Lutador de kickboxing deixou os tatames após lesão

22/01/2018 Portal Adesso - Foto: Tamires Piccoli

     Apesar de não estar mais competindo, Garrincha segue em meio ao esporte como árbitro em competições e professor.

     O lutador e campeão de kickboxing, Valmir Erthal, 44, conhecido como Garrincha, coleciona títulos nacionais e internacionais, desde 2005. Natural de Garibaldi, o lutador já esteve em competições por todo o Brasil e em países como Argentina, Uruguai e Itália.

     Após sofrer uma lesão que acabou rompendo seu intestino, em 2015, durante uma disputa contra um lutador Argentino, Garrincha ficou cerca de 36 dias internado no hospital, passando por uma séria de exames e cirurgia.

     O PORTAL ADESSO entrevistou o lutador, para saber como sua vida está fora dos tatames e qual sua expectativa para o esporte.

     Praticante de kickboxing desde 1993, Garrincha disputou sua primeira luta em 1999, totalizando 23 anos de experiência como lutador. Hoje, recuperado da cirurgia, abandonou a luta por insistência da família, que tem receio de que o mesmo volte a se machucar.

     Mesmo sentindo falta de praticar o esporte, o lutador continua dando aulas particulares à domicílio e em academias da cidade, além de atuar como árbitro em competições nacionais e internacionais, desde 2015.

     Questionado sobre o futuro do kickboxing, Garrincha afirma que este é um dos poucos esportes, aonde os atletas conseguem uma visibilidade e prestígio internacional, pois a Federação Brasileira de Kickboxing é a única reconhecida internacionalmente.

Confira os títulos que o lutador coleciona em seus 23 anos de experiência:

Vice-campeão brasileiro de kickboxing em 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013.

Campeão Sul Americano em 2005, 2009 e 2013.

Campeão da Copa do Brasil em 2009, 2010, 2011 e 2012.

Vice-campeão da Copa do Brasil em 2014.

Campeão Pan Americano em 2008, 2009, 2010 e 2014.

Campeão Sul Americano na categoria Light Contato em 2013.

 

 

MAIS NOTÍCIAS