Geral


Operários que atuam na construção de moinho em Bento são dispensados sem receber

22/01/2018 Portal Adesso - Foto: Notícias de Bento

     Ao todo, 76 trabalhadores estão com os seus salários atrasados, além de não terem recebido o valor da rescisão dos contratos.

     Após serem dispensados sem receber o salário referente ao mês de dezembro, os 76 trabalhadores da S&N Engenharia e Construção, contratados para realizar a construção do moinho da empresa Isabela, em Bento Gonçalves, passam por dificuldades.

     De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e do Mobiliário - Sitracom, Ivo Wailatti, quando retornaram das férias em 8 de janeiro, os funcionários trabalharam apenas meio período.

     Em seguida, receberam uma carta assinada pelo diretor de operações da S&N Engenharia, Juliano de Assis Nogueira, onde era informado que o contrato de prestações de serviço seria rescindido.

     Além disso, os funcionários deveriam aguardar para receber os valores que tinham direito e reaver as carteiras de trabalho, que ficaram em posse do empregador. Entretanto, a empresa que havia garantido os pagamentos até a última sexta-feira (12), não realizou os mesmos.

     Segundo Wailatti, durante a semana tanto a S&N Engenharia, quanto a M. Dias Branco – empresa responsável pela Isabela, não assumiram os pagamentos atrasados, visto que os funcionários eram terceirizados.

     Com isso, os trabalhadores, voltam a se reunir no Sitracom nesta segunda-feira (22). Na falta de uma resposta das empresas, o sindicato deverá procurar a Justiça do Trabalho. 

 

 

MAIS NOTÍCIAS