Geral


Identificação do corpo carbonizado pode levar até 60 dias

02/02/2018 Portal Adesso - Foto: Portal Adesso

     Instituto Geral de Perícias – IGP, vai coletar amostras de material genético em família de pessoa desaparecida.

      Conforme o coordenador regional da IPG da Serra, Airton Carlos Kraemer, amostras genética de familiares de uma pessoa que está desaparecida serão enviadas para análise em exame feito pelo laboratório do Setor de Genética Forense, no Departamento de Perícias Laboratoriais do IGP.

     A previsão é de que este exame leve de 30 a 60 dias para que o resultado seja apresentado. Enquanto o laudo não chega, o corpo está à disposição da polícia no Posto Médico Legal (PML) de Caxias do Sul. A perícia realizada no corpo, mostra que o mesmo é de um homem.

     Para auxiliar nas investigações, também será feira análise no veículo onde o corpo foi encontrado. A ocorrência foi registrada no fim da noite desta quinta-feira (01), em uma estrada vicinal na divisa de Garibaldi com Farroupilha.

     Os bombeiros foram chamados para combater chamas em um veículo e quando chegaram ao local encontraram um corpo carbonizado dentro do veículo.

     Antes disso, o condutor do automóvel com placas de Carlos Barbosa foi abordado por um trio na saída da cidade e atingido por disparos de arma de fogo. Ele se fingiu de morto para não para escapar dos bandidos. O homem de 32 anos, foi socorrido e levado para o Hospital São Roque de Carlos Barbosa. 

 

 

MAIS NOTÍCIAS