Geral


Inicia júri popular em Garibaldi

09/03/2018 Portal Adesso - Fotos: Tamires Piccoli
Anterior Próximo

     A vítima Douglas Nicaretta, foi morta em junho de 2016, quando acompanhava a ex-companheira do acusado. O júri popular, que será responsável por julgar o réu Deivi Aimi, pelo homicídio qualificado da vítima, Douglas Nicaretta, teve início na manhã desta sexta-feira (9), no Fórum de Garibaldi.

     A acusação será feita pelo Promotor de Justiça Paulo Manjabosco, tendo como sua assistente, a advogada criminalista Angélica Zappas.

     Conduzido pelo Juiz Gérson Martins da Silva, os sete júris do conselho de sentença, foram sorteados. Entre eles estão: Beatriz Custódio Agostini, Enio Luiz Martinazzo, Sirlene Ferri, Paula Missiaggia Pianezzola, Janaina Elizangela Schneider Nicolini, Rosângela Maria Crescencio e Eleno Salvagni.

     O caso será analisado ao longo do dia, sendo que a votação ocorrerá em sigilo. Os primeiro quatro votos que optarem pelo sim, ou pelo não, definirão o julgamento do réu.

 

 

MAIS NOTÍCIAS