Economia


Prejuízos na agricultura podem chegar a R$ 10 milhões em Bento

13/11/2013 Imprensa Prefeitura de Bento Gonçalves

 

     Os prejuízos financeiros para a agricultura ocasionados pela queda de granizo no último domingo, dia 10, estão estimados em R$ 9,89 milhões. O dado é resultado de relatório elaborado em conjunto pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento da Agricultura e pela Emater. Nos quatro distritos de Bento Gonçalves, 365 famílias foram atingidas, sendo 335 apenas em São Pedro. Nos pomares atingidos, a perda refletirá na safra de 2013/2014, com prejuízos estimados de 30%, devido às quebras e lesões nos ramos frutificantes.

     Em relação à uva, cultura mais expressiva da região, os prejuízos financeiros são estimados em R$ 7,82 milhões. O granizo atingiu 759 hectares, de um total de 4.846 plantados, correspondendo a uma perda de 13,45% da safra. No distrito de São Pedro, por exemplo, os parreirais atingidos tiveram perdas em torno de 60% em média, mas há casos que ultrapassam os 90%.

     A fruticultura (pêssego, ameixa, kiwi e caqui) soma os maiores prejuízos na totalidade da safra. Com o impacto das pedras de gelo, frutas caíram e muitos ficaram machucados. Os pomares atingidos pelo granizo tiveram perdas próximas a 100%. Dos 175 hectares plantados no município, 170 foram atingidos, contabilizando uma perda estimada em 80% no total da produção.

     Estradas Além dos prejuízos na safra, o interior também contabiliza danos nas estradas vicinais, que foram gravemente afetadas pelas fortes chuvas, comprometendo o escoamento da produção e deslocamento da população. Cerca de 950 quilômetros de estradas de terra, de um total de 1010 quilômetros, terão que ser recuperadas.


Famílias atingidas por distrito:

Tuiuty: 10 famílias
Faria Lemos: 11
famílias Vale dos Vinhedos: 9
famílias São Pedro: 335 famílias

MAIS NOTÍCIAS