Agricultura


Inspetoria faz reunião nesta terça para esclarecer falta do fiscal no Frigorífico Chesini

11/06/2018 Portal Adesso - Foto: Arquivo/Crea RS

     Secretaria Estadual de Agricultura busca esclarecer os motivos que cancelaram o abate e prejudicou a empresa. Nesta segunda-feira (11), equipe do PORTAL ADESSO contatou a Secretaria de Agricultura do Estado, que é responsável pelo Departamento de Defesa Agropecuária, onde atuam os Fiscais Sanitários para saber o posicionamento do órgão com relação ao cancelamento do abate no Frigorífico Chesini no último sábado (09). Na oportunidade, cerca de 17 mil aves deixaram de ser abatidas, pois o fiscal não teria comparecido para fazer inspeção.

     De acordo com o Diretor do Departamento de Defesa Agropecuária, Antônio Carlos de Quadros Ferreira Neto, nesta terça-feira (12), uma reunião na regional de Caxias do Sul entre diretoria e supervisão de proteção animal, e representantes do Frigorífico Chesini, buscará clarear e resolver os fatos ocorridos no último sábado.

     Conforme o supervisor regional, Willian Augusto Smiderle, houve atraso por parte do fiscal que deveria estar no local ás 6hs. Ele disse ainda que o abate poderia ter sido iniciado, sendo que o fiscal chegou quase duas horas após, mas que a decisão de não abater foi da própria empresa. “O veículo do fiscal foi barrado na entrada da empresa e o mesmo teve que entrar a pé”, afirmou.

     Já a veterinária responsável do frigorífico, Joana Chesini, contesta a afirmação da supervisão e diz que em nenhum momento foi bloqueada a entrada do fiscal na empresa. “Nós permitimos o acesso da fiscalização e o que mais nos preocupou foi o bem estar das aves, que ficaram engaioladas ali por várias horas”, disse.

 

 

MAIS NOTÍCIAS