Política


Garibaldi: Pressão Popular faz Câmara de Vereadores não votar projeto da Taxa de Iluminação Pública

12/01/2014 Portal Adesso / Foto: Site Câmara de Vereadores de Garibaldi

     Dois projetos estavam na pauta para serem votados na primeira sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Garibaldi que ocorreu na última sexta-feira (10). Ambos chegaram a ser lidos, mas só um deles foi votado, sendo que o projeto enviado pela Prefeitura que criaria a Taxa de Iluminação Pública em Garibaldi não entrou na pauta de votação.

     No ano passado, o projeto não chegou a ser votado pois foi motivo de muita polêmica na comunidade, uma vez que a administração esperou o "apagar das luzes" para enviar à Câmara, sendo que o mesmo poderia ser aprovado sem ser percebido pela maioria dos contribuintes. Assim, o projeto havia sido arquivado.

     Nem bem iniciou o ano, a Prefeitura encaminhou novamente projeto idêntico. O projeto prevê que o valor da taxa varie de acordo com o consumo de cada residência. Ainda não há informações de quando ele entrará na pauta de votação, após não ter sido votado na sexta-feira. A tendência é de que fique para fevereiro, quando iniciam as sessões ordinárias.

 

MAIS NOTÍCIAS