Educação




Instituições de ensino recebem selo Escola Amiga da Natureza

20/11/2018 Portal Adesso - Fotos: Jean Teixeira
Anterior Próximo

     Dezoito escolas de Garibaldi trabalharam o tema da sustentabilidade e foram certificadas pelo selo Escola Amiga da Natureza. A entrega do selo ocorreu em encontro de encerramento do projeto, na sede do CRAS.

     O projeto desenvolvido pelo setor de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Educação, visa aproximar os estudantes da natureza e conscientizar sobre a importância do gerenciamento de resíduos.

     Em sua segunda edição, o selo trouxe o tema “Criança na Natureza” e envolveu mais de 2,3 mil participantes, entre alunos, professores, diretores e funcionários das seguintes escolas:

EMEF Madre Felicidade
EMEF Madre Justina Inês
EMEF Valentin Tramontina
EMEF Visconde de Cairu
EMEF Attílio Tosin
EMEF Nossa Sra. da Glória
EMEF Pedro Cattani
EEEF Carlos Gomes
EEEF Armando Peterlongo
EEEF Ângelo Beal
Colégio Sagrado Coração de Jesus
APAE
EMEI O mundo dos Pequeninos
EMEI Pingo de Gente
EMEI Crescendo com Alegria
EMEI Semeando o Futuro
EMEI Criança Esperança
EMEI Espaço Aprender

     Após cumprir as atividades previstas no projeto desde o início do ano, todas as escolas receberam dois adesivos com o logo do selo no tamanho 13X20cm, 96 adesivos com o logo do projeto no tamanho 2X3cm e 50 adesivos dos selos tipo correio, criados pelos alunos na Atividade 2 do projeto (10 desenhos foram selecionados para virar adesivo), no tamanho 5X6cm.

     Das nove atividades desenvolvidas para a obtenção do selo, sete eram focadas nos estudantes e duas na equipe escolar, sendo elas: reciclagem de papel; criação de selos com dicas ambientais; arte com folhas; leitura e interpretação do livro “Dom Lixote e o Dragão-que-cospe-lixo”; exposição de trabalhos; estudos, reflexões e análises sobre criança na natureza; cozinhando com alimento colhido na horta da escola; saída de campo; e formação “O que é rejeito em Garibaldi?”

     O projeto contou com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam), que aprovou o uso de recurso do Fundo Municipal de Meio Ambiente para a aquisição dos materiais.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS