Geral


Farroupilha ferece confecção digital da Carteira de Trabalho

21/01/2014 Imprensa Prefeitura de Farroupilha

     O Posto do Ministério do Trabalho em Farroupilha já oferece a confecção digital da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O processo inclui a captura da imagem do cidadão no momento da solicitação, eliminado a necessidade de apresentar uma foto 3×4, o colhimento das impressões digitais através de sensor biométrico e a assinatura digitalizada.

      O novo método leva cerca de cinco minutos e a Carteira pode ser retirada após 15 dias úteis, o mesmo que na modalidade antiga. Porém, existe uma grande vantagem especialmente nos três primeiros meses do ano, quando a demanda por novas CTPS dobra. Conforme a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em anos anteriores, o farroupilhense já teve que esperar por 60 dias, devido à quantidade de pessoas que necessitavam do serviço, a demora no processo de digitalização e o período de férias no Posto de Caxias do Sul, responsável pela averiguação dos dados.


     Em 2013 foram confeccionadas 2.297 Carteiras de Trabalho. No primeiro mês de 2014, 166 pessoas já encaminharam a 1ª via, 74 deram entrada na 2ª via e 27 realizaram alterações de Identidade, como a troca de nome em função de casamento, separação, divórcio, adoção ou mudança voluntária.
O horário de atendimento Posto do Ministério do Trabalho em Farroupilha, localizado no Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC), é das 9h às 16h, por ordem de chegada, não havendo limite de fichas.


Confira os documentos necessários para o encaminhamento da Carteira de Trabalho:


1ª VIA (a partir dos 14 anos)
- Certidão de Nascimento, Casamento ou Carteira de Identidade (original);
- CPF;
- Comprovante de Endereço;
2ª VIA
- Em caso de perda, extravio ou roubo:
- Boletim de Ocorrência (BO) da Delegacia de Polícia;
- Número da CTPS, Série, UF da Carteira de Trabalho perdida ou extraviada. (Esses dados podem ser encontrados em uma rescisão de contrato de trabalho, na cópia de registro de empregado com carimbo e CNPJ da empresa, no impresso do Seguro Desemprego ou no extrato do PIS/PASEP ou FGTS fornecido pela Caixa Econômica Federal);;
- Certidão de Nascimento, Casamento ou Carteira de Identidade (original)
- CPF;
- Comprovante de Endereço;
- Em caso de preenchimento total da 1ª via
- Carteiro de Trabalho antiga;
- Certidão de Nascimento, Casamento ou Carteira de Identidade (original);
- CPF;
- Comprovante de Endereço;

 

MAIS NOTÍCIAS