Notícias


Férias sem mosquito e preocupações com as crianças

Saiba como proteger seu filho nessa época em que muitos mosquitos atacam forte
08/02/2019 Cassiano Valente/Portal Adesso

    O verão é a época para aproveitar as férias com muito sol e alegria. No calor as crianças brincam fora de casa, em parques, campings, clubes, etc. Contudo, existe um vilão que incomoda muito com as temperatura elevadas: o mosquito.

    Para falar sobree o tema a reportagem do PORTAL ADESSO conversou com a médica dermatologista Fernanda Bordin (CRM 31895 RQE 22944). Para ela, o primeiro ponto relevante no uso de repelentes químicos em crianças é a faixa etária. Crianças até 6 meses não podem usar repelentes. A partir do sexto mês há indicações específicas de repelentes para a faixa etária. A frequência de uso (número máximo de aplicações / dia) também está ligada à idade.

     Fernanda também ressalta que o repelente não deve ser aplicado embaixo de roupas. “É fundamental que o produto seja aplicado apenas nas áreas exposta da pele. Se for usar hidratante ou filtro solar, espere secar e aplique o repelente 15 minutos após o uso destes produtos. O repelente é sempre o último a ser aplicado”. 

     Também não é recomendado a aplicação próxima aos olhos, boca, nariz e mãos de crianças porque elas podem levar o produto até a boca. Outro ponto importante é não deixar a criança dormir com o repelente. Sempre dar banho e remover antes de adormecer, salienta a dermatologista.

MAIS NOTÍCIAS