Notícias


Nova variedade de Uva é apresentada para produtores da região

Melhoramento genético feito pela Embrapa apresentou duas cultivares mais resistentes a doenças e adaptação climática
09/02/2019 Portal Adesso - Foto:João Henrique R. Figueredo/Embrapa/divulgação

     O  Programa de Melhoramento Genético Uvas do Brasil, conduzido pela Embrapa Uva e Vinho, apresentou nesta sexta-feira (08), duas novas cultivares: BRS Bibiana, cultivar de uva branca para elaboração de vinho, e BRS Melodia, cultivar de uva de mesa sem sementes. Segundo o chefe-geral da Embrapa, Mauro Zanus, a proposta é oferecer novas opções, agregando valor e sustentabilidade à vitivinicultura na Serra gaúcha.

BRS Melodia – a nova opção de uva de mesa sem semente da Embrapa

     O sabor especial de mix de frutas vermelhas, característico da cultivar BRS Melodia, vai conquistar os consumidores que buscam um sabor diferenciado, aposta João Dimas Garcia Maia, um dos melhoristas responsável pelo desenvolvimento da variedade. Cultivada com o uso de cobertura plástica e com o manejo correto, garante-se uma produtividade de 25 toneladas por hectare. Na produção de uvas de mesa, as práticas de manejo de cachos sempre dão em bons resultados.  Na ‘BRS Melodia’, o pesquisador destaca que deve ser feito o raleio e o desponte dos cachos. Por apresentar cachos menores, o manejo de cachos da ‘BRS Melodia’ é mais fácil, quando comparada com as cultivares do Grupo Itália. 

‘BRS Bibiana’

     É a mais nova cultivar que, ao lado das cultivares Moscato Embrapa, BRS Lorena e BRS Margot, compõem a linha de cultivares resistentes a doenças. A 'BRS Bibiana' apresenta cachos soltos, o que evita as podridões.  Para a obtenção de boa   produtividade, recomenda-se a realização de poda mista, deixando-se todas as varas possíveis para a produção e não apenas 5-6, como normalmente praticado na Serra Gaúcha”, esclarece a melhorista.

MAIS NOTÍCIAS