Geral


Falha em linha de energia provoca falta de energia no Sul do País

04/02/2014 Correio do Povo

     No Estado, as operadoras CEEE, RGE e AES Sul desligaram a energia em mais de 20 cidades. Uma falha no Sistema Interligado Nacional, às 14h03min, causou o corte de energia em 500 kV entre a Região Norte e as Regiões Sudeste/Sul, interrompendo o fluxo de 5 mil MW para essas regiões.

     Para evitar a propagação do problema, houve atuação do primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga (ERAC), causando o desligamento automático de cargas pré-selecionadas pelos agentes distribuidores locais, visando restabelecer a frequência do sistema.

     Às 14h41min, a interligação Norte-Sudeste foi religada e a frequência normalizada. Já foi iniciado o processo de recomposição das cargas desligadas. 

    As três maiores concessionárias do Rio Grande do Sul já confirmaram efeitos da medida para dezenas de cidades gaúchas, que ficarão parcialmente sem luz durante a tarde.

     OONS – Operador Nacional do Sistema – determinou que na área da AES Sul fossem desligadas algumas subestações até que a falha seja identificada e o fornecimento normalizado. Foram desligados 96 MW em cinco subestações que atendem Venâncio Aires, Alegrete, Itaqui, Uruguaiana e São Borja. A rede de distribuição da AES Sul nessas localidades está funcionando normalmente.

     Na área da CEEE, o corte atinge, em parte, os municípios de Porto Alegre, Guaíba, Alvorada, Camaquã, Dom Pedrito, Bagé e Pelotas.

     Na zona de concessão da RGE, o problema atinge moradores de mais 11 cidades: Lagoa Vermelha, Bento Gonçalves, Gaurama, Sarandi, Parobé, Gravataí, Horizontina, Santa Rosa, Feliz, Nova Petrópolis e Não-Me-Toque. A empresa foi orientada a reduzir a distribuição em pelo menos 10%, até as 16h.

 

MAIS NOTÍCIAS