Política


“Este prefeito não rouba M... nenhuma”, diz Sambinha

Exaltado, vereador do MDB grita na tribuna aos vereadores da oposição que questionam o trabalho do atual prefeito
29/03/2019 Portal Adesso - Foto: reprodução TV Câmara

     Neste ano, assistir a uma sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Garibaldi tem sido algo triste e cômico. Triste porque é perceptível a limitação e a falta de capacidade para presidir uma sessão do atual presidente vereador Luiz Flori Castro (PTB), que seguido não sabe o que fazer e recorre ao auxílio de colegas. Cômico, pois volta e meia algum vereador larga uma pérola. 

     Na sessão da última segunda-feira (25), os vereadores de oposição questionaram o contrato feito entre município e Corsan. Falaram da audiência pública e deram a entender que a falta de água em bairros da cidade é culpa da Corsan e da atual gestão do prefeito de Garibaldi, Antônio Cettolin (MDB). Mordendo os lábios impaciente, o vereador Irineu Krindges, o popular Sambinha (MDB), não via a hora de subir na tribuna para contestar a oposição. Em seu pronunciamento, Sambinha iniciou cumprimentando todos e disse: “Não posso deixar de falar do assunto apontado pela vereadora Rosane, pelo vereador Thiago e pelo vereador Luiz”. 

     Sambinha explicou os motivos do projeto ter sido votado no dia 26 de dezembro e muito bravo com a voz alterada respondeu aos vereadores de oposição: “Vocês foram ao Ministério Público, na Quarta Câmara. Só dizem que este prefeito rouba, só rouba, só rouba. Este prefeito não rouba merda nenhuma, quero ver provas seus hipócritas”. 

     Alertado pela mesa diretora que havia proferido palavras de baixo calão, Sambinha retirou a palavra e continuou: “Não foi provado nada até agora, o partido de vocês nunca fez nenhuma obra, por isso, com certeza ninguém vai apontar. Façam alguma coisa pelo município, parem de jogar pedras”, disse.

     Concluindo seu pronunciamento, Sambinha mandou um recado os integrantes do Partido Progressista – PP: “Do jeito que vocês estão procedendo, só vamos ver o PP no governo em livro de histórias, porque jamais vão chegar no governo, troquem a linha, mudem a fórmula”, afirmou. 

     Ao final da tribuna, Sambinha largou a pérola: “ A população tem razão, o serviço da Corsan está uma merda”. Percebendo que era palavra de baixo calão largou a célebre frase: “Retiro a Merda”, provocando risos de todos.

MAIS NOTÍCIAS