Polícia


Polícia classifica como duplo homicídio assassinato de gestante em Bento

Delegado pede auxílio a população para resolver o caso, informações podem ser dadas de forma anônima
23/05/2019 Portal Adesso - Foto: Difusora 890

A Polícia Civil classificou como duplo homicídio o caso da gestante morta a tiros em Bento Gonçalves, na noite de terça-feira, 21. Andressa Weber Ernice, 24 anos, que estava grávida de sete meses, foi socorrida e encaminhada o Hospital Tacchini, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Na tentativa de salvar o bebê, os médicos realizaram uma cesárea de emergência, mas a criança veio a óbito poucas horas depois. Com isso a responsabilidade pela morte do recém-nascido passou a ser atribuída também aos autores dos disparos.

Os criminosos seguem foragidos. O delegado Álvaro Pacheco Becker, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Bento Gonçalves, pediu o auxílio da população para elucidar o caso, por meio de informações. As denúncias podem ser feitas de modo anônimo.

MAIS NOTÍCIAS