Polícia




Golpistas que pediam dinheiro para "Leite Especial" são presos em Bento

Com um cartaz, casal pedia dinheiro aos motoristas em uma sinaleira da cidade alegando que era para uma filha que não existe
31/05/2019 Rádio Difusora 890

     Um casal de golpistas foi detido na tarde desta sexta-feira, dia 31 – após denúncias de populares – pedindo dinheiro em um semáforo no Centro de Bento Gonçalves. Com um cartaz na mão a mulher, de 31 anos, se dizia responsável por uma criança que necessitaria de “leite especial” e pedia doações em espécie.

     A mulher era conhecida, principalmente por imagens que circulam em grupos do aplicativo whatsApp, por ter sido flagrada em outros municípios praticando o mesmo crime, que, segundo informações, se trata de um golpe, já que não existiria tal criança. Os dois foram abordados por uma viatura da Brigada Militar, por volta das 14h55min, no semáforo da Praça Vico Barbieri, cruzamento das Ruas Júlio de Castilhos e 13 de maio. A mulher, juntamente do marido foi encaminhada para a DPPA para prestar esclarecimentos.

     Durante o interrogatório a mulher confessou que possui quatro filhos, porém, nenhuma se chama “Mariana”, como está escrito no cartaz que utilizava para pedir dinheiro. Ela foi ouvida e liberada. Seu companheiro, de 32 anos, deve ser encaminhado ao Presídio Estadual de Bento Gonçalves, já que se encontra na situação de foragido da Justiça, condenado por crime de homicídio praticado em Porto Alegre.

     Os dois são naturais de Porto Alegre mas residem em Caxias do Sul, onde já haviam sido flagrados e denunciados cometendo o mesmo ato. Com o casal foi apreendido dois cartazes com os dizeres “Ajuda leite especial Mariana” uma lata de leite, com a qual pediam dinheiro e aproximadamente R$ 140.


MAIS NOTÍCIAS