Política


Ex-assessor depõe n CPI das Fake News na Câmara de Bento

Jorge Bronzato Júnior era assessor parlamentar do vereador Moacir Camerini (PDT) e confirmou que criava perfis falsos
17/06/2019 Rádio Difusora 890 - Fotos: Rádio Difusora 890
Anterior Próximo

     Por mais de duas horas, na tarde desta segunda-feira, dia 17, foi realizada a segunda oitiva na Câmara Municipal de Vereadores da “CPI das Fake News”. Jorge Bronzato Júnior, ex-assessor do gabinete do vereador Moacir Camerini (PDT), confirmou que utilizava a estrutura do Poder Legislativo para criação e manutenção de usuários fakes/falsos em redes sociais para propagação de notícias falsas.

     Segundo seu depoimento, com diversas cópias de conversas de aplicativos e até áudios anexados, relatou que havia ordem do vereador para efetuar ataques. Em um destes conteúdos, apresentou uma sonora com a moradora Rogéria Policárpio, dizendo ter feito uma ocorrência policial contra o vereador Anderson Zanella por suposto racismo com influência de Camerini. Após, ela que também integra o mesmo partido político do parlamentar, em outro arquivo relatou interferência e que o não teria acontecido tal prática.

     Diante do fato, foi solicitado pela Comissão o chamamento para futuramente Rogéria prestar depoimento. Zanella por sua vez, mencionado em uma das conversas, pediu a CPI que busque pela justiça a quebra de sigilo do telefone funcional do vereador e dos IPs dos computador da Câmara. Volnei Christofoli foi outro que também fez questionamentos para o denunciante.

     Após a longa manifestação, o advogado Deivid Pretto que acompanhou Camerini, respondeu que uma nova decisão Judicial da juíza de direto Christiane Tagliani Marques anularia os trabalhos da Comissão de Ética Parlamentar. Também efetuou algumas perguntas a Bronzato.  O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito é o vereador Jocelito Leonardo Tonietto (PDT).

    A duração da CPI é de 120 dias podendo ser prorrogada por mais 60 dias. A primeira oitiva aconteceu na última semana com Dênis Alex de Oliveira, ex-coordenador de gabinete do vereador. Houve um pequeno atraso na realização da Sessão Ordinária em virtude de ultrapassar o horário previsto.

MAIS NOTÍCIAS