Geral


Produtos químicos altamente tóxicos vazam de indústria em Bento Gonçalves

24/02/2014 Imprensa Prefeitura Bento Gonçalves

     O desabamento de um muro durante a madrugada desta segunda-feira (24), ocasionou danos nos tanques de armazenagem de cianeto e ácido sulfúrico de uma empresa de pintura e cromagem localizada na Rua Celeste Magagnin, Bairro Vila Nova em Bento Gonçalves. Uma pedra teria rolado e perfurado o tanque que armazenava o produto. O líquido escorreu por cerca de 50 metros na Rua Aurélio Peruffo e Ercílio Munaro e atingiu a rede de canalização pluvial.

     A Secretaria Municipal de Saúde recomenda que a população evite o contato com o líquido verde que escorreu pelas ruas do bairro, pois ele é altamente tóxico. Em caso de sintomas como irritação na garganta, tonturas, dor de cabeça é preciso procurar atendimento na Unidade de Saúde do Bairro, localizada na Rua Carlos Dreher Neto, nº 01.

     A Fiscalização Ambiental da Prefeitura, técnicos da Secretária Municipal de Meio Ambiente, o Comando Ambiental da Brigada Militar, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estão no local, e aguardam a chegada de técnicos da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). Uma empresa especializada foi contratada pelos responsáveis para iniciar a limpeza das ruas e locais atingidos pelo derrame do produto. Não houve contaminação da água e parte do líquido evaporou. O prefeito Guilherme Pasin, acompanhou os trabalhos de orientação e de informação à população do bairro hoje pela manhã e determinou que os servidores da Secretarias de Saúde e de Meio Ambiente acompanhem e monitorem os trabalhos de limpeza do local.

     Por precaução a Secretaria municipal de Educação suspendeu as aulas na escola EMI Arco Íris da Alegria e os alunos, cujos pais não puderam buscar, foram transferidos para a EMI Luz do Amanhã que fica próxima ao Bairro. As aulas deverão ser retomadas normalmente nesta terça-feira.

 

MAIS NOTÍCIAS