Polícia




Polícia de Carlos Barbosa esclarece caso de feto abandonado

Os indiciados como responsáveis pelo aborto estavam detidos no Presídio Estadual de Bento Gonçalves
28/08/2019 Portal Adesso - Foto: Difusora 890

     A Polícia Civil de Carlos Barbosa realizou, na tarde desta quarta-feira (28), uma entrevista coletiva para apresentar os resultados da investigação do caso do feto encontrado dentro de uma mochila, no início de 2019, na rua Marau, bairro Vila Nova, em Carlos Barbosa. O Delegado Clóvis Rodrigues de Souza, responsável pelas delegacias de Carlos Barbosa e Garibaldi, expôs que, após investigações, dois envolvidos foram identificados.

     Um dos suspeitos seria a mãe da criança, uma mulher de 24 anos, natural de Uruguaiana/RS. Ela será indiciada por prática de aborto, com pena que pode variar entre um e três anos. O outro envolvido é um homem de 28 anos, natural de São Lourenço do Sul/SC. Ele será indiciado como coautor do aborto, com previsão de pena igual ao da mulher. Para elucidar o caso, a mãe da criança passou por exame de DNA, destacou Souza.

     Os dois indiciados estavam detidos no Presídio Estadual de Bento Gonçalves, mas responderão pelos crimes em liberdade. Segundo o Delegado, o caso ainda aguarda decisão judicial.


MAIS NOTÍCIAS