Política




Ex-prefeito do Caí e ex-vereadora de Farroupilha atuam como CCs na Prefeitura de Garibaldi

Anúncio foi feito por vereadores da oposição na sessão da Câmara desta segunda-feira (09)
10/09/2019 Portal Adesso - Foto: Arquivo

     Dois políticos de cidades diferentes passaram a integrar a Administração Municipal de Garibaldi. O anúncio em clima de denúncia foi feito por vereadores do Partido Progressista, sigla de oposição, que na tribuna popular questionaram a atitude do governo Cettolin em contratar pessoas de fora de Garibaldi. Conforme os vereadores, o ex-prefeito de São Sebastião do Caí, Darci José Lauermann e a ex-vereadora de Farroupilha, Maristela Pessin, ambos do MDB, integraram a administração municipal de Garibaldi no mês de agosto. 

     Lauermann foi nomeado como Assessor Geral da Secretaria Municipal de Planejamento, Indústria e Comércio, e recebe salário de R$ 5.812,45. 

     Maristela exerce a função de Diretor Geral na Secretaria Municipal de Habitação, Trabalho e Assistência Social e recebe salário de 4.114,08.

     Na tribuna, os vereadores Luiz Carlos Rodrigues (Bombeiro) e Tiago Ferranti se revezaram em criticar o atual governo, dizendo que para os Cargos de Confiança (CCs),deveriam ser contratadas pessoas de Garibaldi. “Deveriam dar oportunidade para pessoas daqui”, disse Luiz Carlos Rodrigues. 

     Já Ferranti, afirmou que o ex-prefeito responde a processo por improbidade administrativa e não deveria ter sido contratado. “Cadê o orgulho de viver aqui? Contratar gente de fora? Além disso, pessoas com currículo invejável”, gritou Ferranti na tribuna.  

     O PORTAL ADESSO conversou com o vereador da situação Eldo Milani (MDB), que disse não ver nenhum problema na contratação. Durante o Programa Prato Limpo desta terça-feira (10), Milani disse que não pode haver bairrismo na contratação de servidores. “Não importa a cidade, desde que sejam pessoas qualificadas”, disse. 

     Nossa equipe também conversou com um secretário municipal que pediu para não ter seu nome divulgado. Conforme ele, os vereadores estão utilizando das contratações para fazer política. “O ex-prefeito e a ex-vereadora são pessoas com experiência para exercer o cargo. Não existe problema em ser de fora. O PP por exemplo, tem integrantes do partido de Garibaldi que trabalham na prefeitura de Bento Gonçalves e na prefeitura de Imigrante”, disse o secretário.  

MAIS NOTÍCIAS