Geral


Empresa é proibida de realizar atividades após poluição em riacho de Farroupilha

Técnicos da Secretaria do Meio Ambiente da cidade e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar foram até a empresa nesta sexta
04/10/2019 Rádio Spaco FM - Foto: divulgação

     A empresa de transportes suspeita de ter poluído o riacho no bairro Nova Vicenza nesta quinta-feira (03), foi proibida de realizar suas atividades em Farroupilha. Técnicos da Secretaria do Meio Ambiente do município, acompanhados da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram), foram até o endereço da empresa na manhã desta sexta-feira (04), realizaram uma vistoria e encontraram latas de tinta azul, caminhões pintados e indícios de que os veículos foram lavados no pátio do estabelecimento.

     Os fiscais da pasta estiveram no local e verificaram que a água azul estava desembocando através de córrego que vinha do bairro Cinquentenário. Eles seguiram os rastros, onde constataram a origem do vazamento, que percorreu até uma boca de lobo na Rua Giácomo Mandelli, entrando na rede de escoamento e alcançando a futura área de preservação Santa Rita. O caminhão estaria realizado entregas no bairro, deixando o rastro.

     A Patram notificou oficialmente a empresa e irá encaminhar a documentação para a justiça. Também foi determinado que ela realize uma limpeza completa no estacionamento e nos veículos sujos com o produto para que não cause mais danos ao meio ambiente. Após este trabalho, a transportadora deverá apresentar um laudo para poder voltar com suas atividades.

     De acordo com o secretário da pasta, Tiago Ilha, a empresa também receberá uma multa pelo dano ambiental, mas o valor ainda não foi estipulado. Na vistoria foram encontradas notas fiscais do fornecedor da tinta e também do possível comprador.

MAIS NOTÍCIAS