Eventos/Cultura


Garibaldi brinda seus 119 anos

Bolos, show e missa fazem parte das comemorações do aniversário da cidade, nesta quinta
31/10/2019 Portal Adesso - Foto: Divulgação

     A cidade de Garibaldi está em festa! Nesta quinta-feira (31) o município celebra seus 119 anos de emancipação política. Para as comemorações, uma missa de ação de graças será celebrada as 18h na Igreja dos Capuchinhos. A partir das 20 horas, serão servidos a comunidade 119 bolos, em referência aos anos comemorados pelo município, e haverá a apresentação da banda Sunset Riders. A programação de aniversário se desenrolou ao longo do mês de outubro, incluindo a Fenachamp e Feira do Livro. 

História de Garibaldi

     Garibaldi chamou-se, inicialmente, Colônia Conde D'Eu, um apanhado de terra, medindo 32 léguas quadradas, denominada assim em homenagem ao genro do imperador, casado com a Princesa Isabel. O ato da criação da então colônia foi assinado em 24 de maio de 1870, inaugurando um novo momento no processo de colonização e economia no estado do Rio Grande do Sul. 

     Após a criação era necessário iniciar o povoamento. A região não oferecia atrativos, pois suas terras eram acidentadas. Seria necessário investir na infra-estrutura para povoá-la. Mas como o governo não estava disposto a tanto, buscou outros recursos para torná-la habitável e cultivável. Estendeu seu foco para além do que o horizonte podia enxergar e encontrou a solução: povoar a região com europeus habituados ao mesmo clima do Sul, ao frio e às dificuldades do terreno para o cultivo agrícola. 

     A partir de 1874 e 1875, começaram a chegar levas de imigrantes suíços, italianos, franceses, austríacos e poloneses. No entanto, o maior número de imigrantes era proveniente da Itália. A Colônia Conde D'Eu foi o primeiro núcleo de colonização na região serrana do Rio Grande do Sul. A população da Colônia, que em 1875 era de 720 habitantes, atingiu o número de 870 pessoas em 1876.

     Foi a partir de 1890, com a Colônia já estabelecida, que começaram a surgir as casas e os prédios, que hoje compõem o Centro Histórico. Em 31 de outubro de 1900, o governo elevava Conde D'Eu à condição de município, passando a chamar-se de Garibaldi, em homenagem ao italiano Giuseppe Garibaldi, que participou da Revolução Farroupilha e é considerado "herói dos dois mundos".

     Ainda hoje, a quase totalidade dos habitantes do município é descendente dessas levas de imigrantes, o que fez com que Garibaldi desenvolvesse alguns aspectos peculiares, em parte por essa mescla e pelos imigrantes com suas respectivas culturas.

MAIS NOTÍCIAS